Vida Urbana

Missa de 30º dia de Luiz Augusto Crispim será realizada nesta terça

Crispim morreu aos 63 anos, no dia 6 de dezembro passado, vítima de um câncer.




Da Redação
Com informações da Ascom/Unipê

A missa de 30º dia de morte do professor, jornalista e escritor Luiz Augusto da Franca Crispim será realizada nesta terça-feira (6), às 17h, na Igreja São Pedro Pescador, localizada no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Crispim morreu aos 63 anos, no dia 6 de dezembro passado, vítima de um câncer.

O escritor fez história na imprensa paraibana, por ser o único jornalista a conquistar o Prêmio Esso de Jornalismo. Ele também marcou na literatura. Escreveu vários livros sobre crônicas e até sobre fotografia. Além de ter feito parte do quadro de docentes do curso de Direito do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) e da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), também atuou como advogado.

Crispim foi cronista por mais de 20 anos e também se destacou na política, sendo secretário de Comunicação no segundo Governo de José Maranhão (1999/2003). Luiz Augusto Crispim deixou a esposa Adília e dois filhos, Teresa e Luiz Augusto Filho.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.