Vida Urbana

Mais uma idosa residente em asilo de João Pessoa morre de coronavírus

Ela estava internada no Hospital São Luiz desde o último dia 13 de abril.




Foto: Felícia Arbex/TV Cabo Branco

A Associação Promocional do Ancião Dr. João Meira de Menezes (Aspan), em João Pessoa, confirmou a morte de mais uma idosa residente do asilo, em decorrência do novo coronavírus (Covid-19). A idosa, 94 anos, estava internada no Hospital São Luiz, uma das unidades de referência para tratamento do vírus, e morreu no fim da tarde desta terça-feira (29). Com este novo caso, sobe para seis o número de idosos que morreram por contaminação de coronavírus.

Segundo informações da Aspan, a idosa estava internada desde o dia 13 de abril, quando outros 11 residentes da instituição foram transferidos para unidades de atendimento de síndromes virais. De acordo com a instituição, não vão ser  divulgados mais detalhes em respeito à família da paciente.

“Neste momento, prestamos nossos mais profundos sentimentos aos familiares e nos unimos em orações. Nossas preces continuam firmes pelo Brasil e pelo mundo inteiro para que essa realidade difícil seja logo superada pela ação misericordiosa de Deus”, lamenta a Aspan, em nota à imprensa.

A respeito da contaminação dos idosos, que estão sem receber visitas desde o início da decretação do isolamento social, em março, a Aspan justificou que permanece adotando rigorosamente todas as medidas necessárias e protocolos recomendados no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

 

Outros casos

 

A última morte na Aspan foi registrada no último dia 19 de abril, quando uma idosa de 84 anos entrou na estatísticas de falecimento em decorrência da Covid-19. Ela era uma dos quatro internos que testaram positivos para Covid-19 e estavam internos no Clementino Fraga.

As duas primeiras mortes de idosos da Aspan foram contabilizadas no último dia 14 de abril pela entidade. As vítimas são: uma mulher de 94 anos, que estava internada em um hospital público desde o dia 7 de abril e morreu no dia 9 de abril; e outra, 83 anos, que estava interna numa Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da capital e morreu no último dia 12 de abril.

A terceira morte foi confirmada na última sexta-feira (17). Trata-se de uma mulher, 93 anos, em um hospital público, e faleceu na quinta-feira (16). A informação já havia sido adiantada pela secretaria durante uma transmissão ao vivo na quinta-feira.

Já a quarta morte foi confirmada no boletim deste domingo (19). Uma mulher, 84 anos, sem informações prévias de comorbidade, estava internada desde dia 15 de abril em hospital público em João Pessoa. O óbito, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, aconteceu na sexta-feira (17).

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.