Vida Urbana

Mais um suspeito de envolvimento com assassinato de Expedito Pereira se apresenta à polícia

Advogado alegou que suspeito teria repassado motocicleta para outro homem.




Expedito Pereira foi morto na quarta-feira (9), enquanto caminhava no bairro de Manaíra. Foto: Plínio Almeida/TV Cabo Branco

Um dos dois homens suspeitos de ter envolvimento com a morte de Expedito Pereira (MDB), ex-prefeito de Bayeux, na Grande João Pessoa, se apresentou na Central de Polícia de João Pessoa nesta terça-feira (14). Ele foi ouvido e em seguida liberado.

De acordo com o advogado do suspeito, ele teria repassado a moto utilizada no crime para o outro suspeito de envolvimento com o assassinato, que acabou sendo preso esta semana, por ter um mandado de prisão em aberto por estelionato.

Também foram ouvidas pela polícia a viúva e a filha do ex-prefeito. Expedito foi executado à queima-roupa enquanto caminhava a pé e sozinho em uma avenida do bairro de Manaíra, em João Pessoa, na última quarta-feira (9). Um homem pilotando uma moto preta atirou duas vezes, atingindo o ex-prefeito no peito e um no tórax. Expedito acabou morrendo no local do crime.

No sábado (12), a polícia já havia confirmado que a motocicleta utilizada para o crime havia sido encontrada no Rio do Meio, em Bayeux. Uma perícia, no entanto, ainda estava sendo feita para confirmar se era o mesmo veículo. O delegado Vitor Melo também antecipou ao JORNAL DA PARAÍBA, que um cabo eleitoral de Ricardo Pereira, sobrinho de Expedito, seria ouvido após ter o nome envolvido no atentado.

Desde o dia do assassinato, a polícia descartou a tese de latrocínio e trabalha com três hipóteses para o crime: dívidas, relacionamentos extraconjugais ou briga de trânsito. Em entrevista à TV Cabo Branco, Vitória Pereira, filha de Expedito, disse que ele não vinha sofrendo ameaças e desconhece a motivação do crime.

O corpo de Expedito Pereira foi enterrado na tarde desta quinta-feira (10), em um cemitério de Bayeux. A solenidade causou aglomeração nas ruas da cidade, com a população que quis dar o último adeus ao político.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.