Vida Urbana

Mais de 30 idosos testam positivo para Covid-19 em abrigo de Remígio, no Brejo da Paraíba

Além dos idosos, cinco funcionários do local também testaram positivo para a doença até a sexta (5), conforme a Saúde do município.




Idoso (Foto: Rizemberg Felipe)

Foto: Arquivo/Rizemberg Felipe

Pelo Menos 31 idosos do Lar de Idosos Monte Sinai, localizado no município de Remígio, no Brejo da Paraíba, testaram positivo para a Covid-19. Além dos idosos infectados, cinco funcionários que trabalham no local também testaram positivo para a doença, de acordo com as informações divulgadas pela Secretaria de Saúde do município na sexta-feira (5).

Segundo a direção do Lar de Idosos Monte Sinai, um idoso apresentou os primeiros sintomas de Covid-19 na última semana, e na quarta-feira (5), dois testaram positivo para doença. Após as primeiras confirmações, o local solicitou à Secretaria de Estado da Saúde (SES) a realização de uma testagem em massa para detectar se mais idosos haviam contraído o vírus, e na sexta-feira (5), os idosos foram submetidos a exames que constataram infecção pelo novo coronavírus em pelo menos 31 moradores do Lar.

Ainda segundo a direção do local, que abriga ao todo 57 idosos, os que testaram positivo para Covid-19 estão isolados dos demais, e apesar de possuírem comorbidades, como diabetes e hipertensão, não precisaram ser hospitalizados. Todos os moradores do abrigo estão sendo monitorados pela Vigilância em Saúde de Remígio e recebendo assistência médica de profissionais de saúde da assistência municipal.

A Secretaria de Saúde de Remígio informou que mesmo antes da constatação de idosos com Covid-19 no abrigo de longa permanência, a direção do local havia adotado todas as medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades de saúde, como a suspensão de visitas e a distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os funcionários. Após a confirmação de casos de Covid-19, ainda conforme a secretaria, os cuidados foram redobrados, e o local deve passar por desinfecção.

A Saúde de Remígio também informou que médicos exclusivos para assistência e tratamento de pacientes com Covid-19 serão designados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) para realizar videoconferência com os profissionais que estão atendendo os idosos do abrigo. Outra instituição para longa permanência do município receberá testes rápidos para Covid-19 na próxima semana.

 

Outros casos

 

Com a confirmação de idosos infectados pela Covid-19 no Monte Sinai, em Remígio, sobe para quatro o número de abrigos de idosos que registraram suspeitas, infecções e mortes pelo novo coronavírus, Paraíba. Em João Pessoa, dois idosos que moravam na Vila Vicentina morreram com suspeitas de Covid-19, e a Associação Promocional do Ancião Dr. João Meira de Menezes (Aspan), que também fica em João Pessoa, registrou cinco mortes de idosos em decorrência do novo coronavírus em abril. Já em Campina Grande, duas idosas moradores do Instituto São Vicente de Paulo morreram com a Covid-19, e pelos menos seis foram infectados.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.