Vida Urbana

Lei obriga unidades de saúde da Paraíba a fornecer EPIs a todos os profissionais

Os equipamentos abrangem todos aqueles autorizados pelo Ministério da Saúde e órgãos da vigilância sanitária.




Lei obriga unidades de saúde da Paraíba a fornecer EPIs a todos os profissionais. Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

O governador João Azevêdo (Cidadania) sancionou uma lei que obriga as unidades de saúde, das redes pública e privada, que prestam serviços na Paraíba, a fornecer equipamentos de proteção individual (EPI) para os profissionais de saúde que tenham contato direto com pacientes suspeitos ou infectados pelo Covid-19. A publicação está na edição desta sexta-feira (19) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Os equipamentos abrangem todos aqueles autorizados pelo Ministério da Saúde e pelos órgãos da vigilância sanitária. Eles precisam ter a mesma qualidade e eficiência, independentemente da função que as pessoas exerçam no ambiente de trabalho.

De autoria do deputado estadual Adriano Galdino (PSB), a lei visa oferecer uma maior proteção para os profissionais que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.