Vida Urbana

Justiça determina e ônibus de CG voltam a circular

Justiça do Trabalho determinou a volta de 60% da frota de ônibus da cidade.




Os ônibus de Campina Grande voltaram a circular na tarde desta quarta-feira (23). A retomada dos serviços aconteceu após uma decisão do vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (TRT-PB), desembargador Ubiratan Delgado, determinando que 60% da frota voltasse às ruas. Em caso de descumprimento, o Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários (Simcof) poderia ser multado em R$ 50 mil por dia.

A decisão da Justiça do Trabalho estabeleceu que 60% dos empregados das categoria voltassem ao trabalho, garantindo o funcionamento desse mesmo percentual em cada uma das áreas das empresas. O desembargador Ubiratan Delgado também determinou que o sindicato se abstenha de realizar qualquer ato que impeça os trabalhadores de exercerem suas atividades, sob pena de multa de R$ 10 mil. Uma audiência de conciliação entre os funcionários e os empresários do setor foi marcada para o dia 25 às 10h, na sede do TRT em João Pessoa.

Representantes dos sindicatos dos motoristas e empresários do sistema de ônibus de Campina Grande voltam a se reunir na tarde desta quarta-feira, na sede da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), para continuar a discussão sobre uma possibilidade de acordo. Durante um primeiro, pela manhã, houve uma proposta de reajuste salarial de 8% por parte dos empresários.

Uma assembleia dos motoristas deve acontecer após a reunião com os empresários na sede da STTP.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.