Vida Urbana

Jornalista Karina Paula morre vítima de Covid-19, em Campina Grande

Ela estava internada no Hospital das Clínicas.




Foto: Arquivo Pessoal

A jornalista Karina Paula Araújo, de 48 anos, morreu na noite desta terça-feira (8) por Covid-19, em Campina Grande. Ela estava internada no Hospital das Clínicas. Karina Araújo era defensora incondicional da vida.

Assessora de imprensa, assim como trabalhadora do SUS, por muitos anos Karina se dedicou ao relacionamento da 3ª Gerência Regional de Saúde com a imprensa da região de Campina Grande. Também realizou trabalho na Polícia Militar, colaborando com as informações sobre ocorrências que abrangiam a região do 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM).

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu uma nota de pesar e informou que Karina “realizou seu trabalho com empenho diário colaborando com a qualidade das informações sobre as ações de saúde na região. Diante da irreparável perda, nos solidarizamos com seus familiares, amigos e colegas de trabalho”, diz a nota.

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), onde Karina também atuou como ex-professora do Curso de Comunicação Social, também emitiu nota de pesar, segundo a qual “Karina deixa um legado de zelo e compromisso com a educação e com o jornalismo. Além de lecionar, trabalhou nos principais veículos de comunicação de Campina Grande. Inspirou a muitos como docente e jornalista. Enlutada, a Universidade Estadual da Paraíba presta sua total solidariedade aos familiares e amigos da professora Karina por tão precoce e dolorosa perda”.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.