Vida Urbana

João Pessoa é a segunda capital brasileira onde menos se pratica atividade física

Cidade só perde para Recife no quesito sedentarismo, que é o quarto maior fator de risco de mortes no mundo.




Segundo OMS, é preciso se exercitar pelo menos 150 minutos por semana (Foto: Francisco França/Arquivo)

João Pessoa é a segunda capital brasileira onde menos se pratica atividade física, de acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2017). Segundo a pesquisa, apenas 34,45% da população da cidade pratica atividade física pelo menos 150 minutos por semana, o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Apenas Recife tem resultado pior (35,2%) e São Paulo ocupa o terceiro lugar, com 29,9%. Em João Pessoa, os homens (39,5%) se exercitam mais do que as mulheres (30,1%). O volume de moradores da cidade que aproveita os deslocamentos para fazer atividade física é de apenas 9,9%, sendo que as mulheres são mais adeptas desta forma de se exercitar (10,1%).

Nacionalmente, a faixa de 18 a 24 anos é a mais ativa: 49,1% desta população tem o esporte na rotina, seguidos pelos de 25 a 34 anos (44,2%). 

O Dia Mundial da Atividade Física é celebrado no sábado (6) e os dados foram lembrados nesta sexta-feira (5) pelo Ministério da Saúde para fazer um alerta: 3% das mortes registradas em 2017 no país podem ter sido influenciadas pelo sedentarismo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é considerado o quarto maior fator de risco de mortes no mundo.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.