Vida Urbana

Internos do Centro fogem e Fundac não sabe como aconteceu

Agentes perceberam que eles não estavam na hora da contagem.




Três internos do Centro Socioeducativo Edson Mota, em João Pessoa, fugiram da unidade da noite de terça-feira (13). A Fundação Estadual da Criança e do Adolescente Alice (Fundac), órgão responsável pelo local, ainda não sabe como os adolescentes conseguiram deixar o centro. A fuga acontece 10 dias depois de um tumulto que destruiu parte do prédio.

De acordo com a assessoria de imprensa da Fundac, os agentes que trabalham no centro faziam uma vistoria de rotina, por volta das 22h, quando perceberam a ausência internos. Eles fizeram uma contagem e confirmaram que três tinham conseguindo fugir.

O presidente da Fundac, Noaldo Meirelles, disse que recebeu uma ligação da diretoria do centro informado da fuga por volta de 1h. “Como não foi registrado nenhum tumulto nem nada do tipo na unidade, foi solicitado um relatório para que possamos apurar em que circunstâncias aconteceu a fuga”, ressaltou.

No dia 4, um adolescente morreu após um tumulto no Centro Socioeducativo. Durante a confusão, os jovens danificaram bastante a unidade. De acordo com a Fundac, não houve transferências, mas o prédio já está passando por reformas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.