Vida Urbana

Inscrições para o programa Bolsa Universitária começam nesta segunda

Programa oferece auxílio para estudantes que cursam graduação.




Começam nesta segunda-feira (24) as inscrições do Programa Bolsa Universitária da Prefeitura de João Pessoa. Na seleção deste ano, serão entregues 100 bolsas a estudantes universitários, que terão auxílio para custear gastos ao longo de todo o curso da graduação; 10% do total de vagas será destinado para portadores de necessidades especiais. As inscrições se encerram no dia 5 de maio.

Os estudantes interessados devem procurar a sede da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) na Rua Prefeito Oswaldo Pessoa, 552, Jaguaribe, no horário das 8h às 12h e das 13h às 16h. Serão distribuídas 100 fichas de atendimento, diariamente, sendo 50 por cada turno.

O resultado da pré-seleção será divulgado no dia 26 de maio no site da prefeitura. Para concorrer às vagas, os candidatos devem morar em João Pessoa e não podem ter concluído nenhum curso de nível superior; bem como não receber qualquer benefício ou incentivo à graduação, a exemplo do Prouni, PIBIC, Educa Mais Brasil, etc. – com exceção do Fies e Pra Valer. Atualmente, 274 alunos recebem o auxílio.

Além de residir em João Pessoa, principal critério de seleção, o candidato também deve possuir o número do NIS e que esteja atualizado por um período de 2 anos, estar cursando qualquer curso superior em universidade pública ou privada e estar cursando a primeira graduação.

Documentação

No ato da inscrição, o aluno deve ter em mãos a xerox e originais dos seguintes documentos: Número de Inscrição Social (NIS), que é emitido nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e nos Centros de Referência da Cidadania (CRCs); RG, CPF, comprovante de residência, histórico universitário (com carimbo) e comprovante de renda pessoal ou familiar.

Valores

Os valores do Bolsa Universitária e o número de vagas são diferenciados por situações especificas. Trinta vagas, 1/3 do total, são destinadas a alunos cadastrados no CadÚnico e que não recebem o Bolsa Família, com a ajuda de R$ 312,33; 70 vagas (1/6 do total), cujo valor é R$ 156,16, são para os alunos cadastrados no CadÚnico que recebem o Bolsa Família. Já 10% das vagas restantes são destinadas alunos portadores de necessidades especiais.

Semestralmente, os beneficiários do programa devem apresentar histórico que comprove sua situação escolar. Conforme a Sedes, o desempenho do aluno é fundamental para sua permanência.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.