Vida Urbana

Idosa morre carbonizada no meio da madrugada em abrigo de Guarabira

Polícia investiga se aposentada de 87 anos teria fumado ou se causa do incêndio foi criminosa.




Jota Alves

A aposentada Maria Francisco da Conceição, de 87 anos, morreu carbonizada na madrugada da quarta-feira (10), no albergue São Vicente de Paula, em Guarabira. Segundo o funcionário José Celso da Silva, ele se levantou às 2h para ir ao banheiro e, ao voltar, percebeu que o quarto onde ela dormia estava em chamas.

“Senti uma cheiro de fumaça, saí correndo e joguei quatro baldes cheios de água para apagar o fogo”, contou Celso. Ele ainda relatou que na noite anterior teria tirado do quarto da vítima uma caixa de fósforo, mas que, segundo ele, a aposentada deveria ter fósforo escondido no quarto.

A direção do abrigo disse que dona Josefa, como era chamada, era fumante, mas que há uma fiscalização para que não se permita fumar, principalmente no período noturno. Também foi informado que o incêndio pode ter sido causado pelo fato da aposentada ter acordado no meio da madrugada para fumar.

No albergue São Vicente de Paula residem dezoito idosos que são mantidos pelo salário que cada um recebe e de doações de empresários, já que precisa ser mantida toda estrutura da casa, além de medicamentos. Josefa vivia há cinco anos no abrigo. 
As investigações estão sendo feitas pela Polícia Civil, através do delegado Fred Magalhães, que não descarta a possibilidade de incêndio criminoso.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.