Vida Urbana

Homem que matou esposa com 28 facadas é achado morto em presídio de Santa Rita

Corpo de Ivanildo Júnior tinha sinais de enforcamento. Ele estava preso desde o dia do crime.




Corpo de Ivanildo foi encontrado com corda de lençóis no pescoço

Responsável pelo assassinato da própria esposa com 28 facadas, em fevereiro, Ivanildo Pinto de Lemos Júnior, de 40 anos, foi encontrado morto em uma cela da Penitenciária Padrão de Santa Rita no começo da manhã desta sexta-feira (9). De acordo com a gerência do Sistema Penitenciário, a suspeita é de suicídio, mas apenas a perícia vai confirmar isso.

Ivanildo Júnior matou Joseane França de Lima, de 38 anos, no dia 18 de fevereiro. O crime aconteceu na casa onde o casal vivia com os três filhos, no bairro Tibiri Fábrica, em Santa Rita. Ele foi preso em flagrante e a polícia também apreendeu a faca usada por ele no crime.

Segundo o gerente executivo do Sistema Penitenciário, João Paulo Ferreira, Ivanildo foi encontrado morto com uma corda feita de lençóis no pescoço. Ele estava em uma cela com outros três detentos.

A perícia esteve no local e o corpo foi levado para o Instituto de Polícia Científica (IPC) de Campina Grande, já que o de João Pessoa está interditado, onde passará pelos exames definitivos que comprovarão as causas da morte.

Antes de matar a mulher, Ivanildo chegou a publicar mensagens nas redes sociais anunciando que cometeria o crime pelo fato de Joseane ter supostamente lhe traído.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.