Vida Urbana

Polícia Civil prende homem que ameaçou ex-mulher com explosivos

Ele tinha uma ordem de restrição para não aproximar da mulher.




Foto: Divulgação/Secom-PB

Um empresário que atua no ramo de cerâmicas foi preso na tarde deste sábado (26) pela Polícia Civil, no bairro do Cabo Branco, em João Pessoa, suspeito de ameaçar de morte a ex-companheira. O homem, de 32 anos, foi levado para a Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Sul de João Pessoa, no Geisel, onde foi atuado em flagrante delito.

Segundo informações da polícia, ele tentou fugir dos policiais, pulando do primeiro andar de uma residência e quebrar grades. Ele ainda correu por três quarteirões, mas foi alcançado pelos policiais. A prisão foi realizada por equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Norte de João Pessoa com apoio do Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança e Defesa Social.

De acordo com as investigações, o homem tinha uma ordem para que ele ficasse afastado da mulher, decretado pela Justiça. Além disso, ele já responde por outros casos de violência doméstica contra ex-companheira depois que a vítima procurou a Polícia Civil, em julho deste ano, relatando que o preso não aceitava o fim do relacionamento.

Depois de ser notificado da ordem judicial para ficar longe da mulher, o suspeito enviou uma encomenda para a ex-companheira. A embalagem simulava conter uma bomba, mas, no seu interior, havia um simulacro de órgão genital masculino ao lado de um bilhete com o nome da vítima.

O suspeito ainda praticou ofensas verbais e morais contra a mulher nas redes sociais e insistiu no contato com a vítima, descumprindo determinação judicial.

Após ser intimado pela Polícia para prestar depoimento, o acusado ainda colocou um artefato de explosivo sobre o carro do irmão da vítima. O material explodiu e quebrou o vidro do veículo. A partir deste fato, os policiais iniciaram as diligências para prender o agressor , o que foi concluído neste sábado (26).

A vítima compareceu novamente na Deam Norte e representou criminalmente o acusado, por se sentir ameaçada, temendo sua vida, além de seus familiares. O homem, após ser contido, foi levado para a Delegacia e será conduzido ao Sistema Prisional e Poder Judiciário.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.