Vida Urbana

Homem é picado por cobra em sítio

Vítima foi socorrida pelo Samu e levada ao Hospital Universitário onde foi atendida e passa bem.



Walter Paparazzo
Walter Paparazzo

Gilvan de Almeira Gonzaga, de 43 anos, foi picado na perna por uma cobra na manhã deste domingo (15) quando alimentava seu cavalo em um sítio de Forte Velho, no município de Santa Rita, na Grande João Pessoa. A vítima foi socorrida pelo Samu e levada ao Hospital Universitário Laura Wanderley (HU) onde foi atendida e passa bem.

Segundo a irmã da vítima, Gisélia de Martins, Gilvan estava apanhando capim em um terreno próximo ao sítio da família, quando foi surpreendido pela cobra que o picou na perna, por volta das 8h. Gisélia disse ainda que o irmão, que identificou a cobra como sendo uma jararaca, conseguiu soltá-la da perna e a matou.

A socorrista do SAMU, Mércia Técnica, afirmou que a vítima chegou no Centro Toxicológico do HU passando bem e consciente. “Ele disse que colocou fumo no lugar do ferimento para estancar o sangramento”.

Mércia alertou sobre como agir em casos semelhantes. “Se qualquer pessoa foi picada por uma cobra, deve chamar o Samu e lavar bastante o ferimento. É importante dar um jeito de levar a cobra, ainda que morta, para o hospital, para ajudar na identificação do animal e garantir que que os procedimentos corretos sejam feitos, como a escolha do soro antiofídico a ser aplicado”.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.