Vida Urbana

Hemocentro realiza ações para coleta de sangue este mês

Objetivo da iniciativa é reforçar o estoque e atender a demanda dos hospitais. Segundo diretora geral da rede, janeiro é um dos meses em que costuma ocorrer queda no número de doações. 



Leonardo Silva
Leonardo Silva

O Hemocentro de João Pessoa vai realizar quatro coletas externas de sangue no Parque Solon de Lucena (Lagoa) e uma na cidade de Serra Branca, no Cariri Paraibano, este mês.  De acordo com a programação elaborada pelo Núcleo de Ações Estratégicas do Hemocentro, a primeira coleta externa da Lagoa acontece nesta quarta-feira (7), das 8h às 17h, e as outras estão programadas para os dias 14, 21 e 28. Ainda segundo o calendário, no dia 10 a unidade móvel órgão vai estar em Serra Branca.

A diretora geral do Hemocentro, Sandra Sobreira, explica que o objetivo das coletas externas é reforçar o estoque e atender a demanda dos hospitais.  Nos meses de dezembro e janeiro, geralmente acontece uma queda no número de doações porque muitas pessoas viajam de férias e não fazem a doação. Essas coletas externas que acontecem mensalmente servem para manter o estoque e atender a demanda dos hospitais que também aumenta nesse período festivo, quando se registra um grande aumento no número de acidentes de trânsito.

A Rede Hemocentro da Paraíba é responsável por atender 40 hospitais, cobrindo 100% dos leitos do Sistema Único de Saúde e mais os leitos de planos de saúde cadastrados. É composta por uma rede de dez hemonúcleos distribuídos nos municípios de Guarabira, Picuí, Monteiro, Princesa Isabel, Patos, Piancó, Itaporanga, Cajazeiras, Sousa e Catolé do Rocha, além de um regional em Campina Grande.

Interessados em tirar dúvidas ou marcar uma coleta externa podem ligar para o número 3218-7698.

 

Condições para ser doador de sangue

– Ter idade entre 16 e 69 anos (se for menor de 18 anos é necessária a autorização do responsável legal);

– Pesar acima de 50 quilos;

– Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas;

– Estar alimentado, com intervalo de duas horas após o almoço;

– Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação;

– Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;

– Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;

– Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

– Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

– Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;

– Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.