Vida Urbana

Grão-Mestre da Maçonaria na Paraíba morre aos 72 anos de Covid-19

Ele estava internado desde o dia 16 de dezembro em um hospital particular da capital.




Foto: divulgação/maçonaria

O Grão-Mestre da Maçonaria na Paraíba, José Reinaldo Camilo de Souza, morreu, na noite desta terça-feira (29), vítima de Covid-19. Líder da Grande Loja Maçônica do Estado da Paraíba, ele estava internado no Hospital da Unimed, em João Pessoa, desde o dia 16 de dezembro quando foi confirmado a contaminação pelo coronavírus.

De acordo com o Grão-mestre adjunto, Aílton Elisário, o quadro de saúde de José Reinaldo Camilo piorou no último dia 23 de dezembro, quando ele foi transferido para a UTI do hospital. “O  quadro dele era grave. Teve parada cardíaca, entrou em hemodiálise, e ontem faleceu. Tinha 72 anos”, disse.

A Grande Loja Maçônica do Estado da Paraíba emitiu uma nota de pesar onde decretou luto de 21 dias e suspensão dos trabalhos maçônicos por 9 dias devido à morte de José Reinaldo Camilo.

Confira a nota na íntegra:

 

GRANDE LOJA MAÇÔNICA DO ESTADO DA PARAÍBA

NOTA OFICIAL

Temos o doloroso dever de informar à família maçônica a passagem ao Oriente Eterno de nosso Sereníssimo Grão-Mestre, Ilustre Irmão JOSÉ REINALDO CAMILO DE SOUZA, ocorrida por volta das 22 horas.

Elevemos nossos espíritos ao Grande Arquiteto do Universo, pedindo-Lhe que receba o nosso Grão-Mestre em sua bondade e misericórdia.

À família enlutada transmitimos os nossos pesares e nossos sentimentos de solidariedade.

Na conformidade do artigo 14, VI, de nossa Constituição e artigo 238, I, do Regulamento geral, decretamos luto oficial de 21 dias e suspensão dos trabalhos maçônicos por 9 dias.

Oriente de João Pessoa, 29 de dezembro de 2020.

AILTON ELISIÁRIO DE SOUZA
Grão-Mestre Adjunto


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.