Vida Urbana

Governo recebe alunos e marca visita para esta sexta no Lyceu

Secretário Walter Aguiar nega exoneração e diz que o que aconteceu foi a anulação das últimas eleições. Ele prometeu conversar com os estudantes na sexta-feira.




Da Redação
Com Secom-PB

O Governo do Estado recebeu, na tarde desta quinta-feira (9), no Palácio da Redenção, uma comissão de estudantes do Lyceu Paraibano, que estavam realizando um protesto em frente à escola. Eles reclamam da exoneração do diretor Abraão Alves de Carvalho do cargo.

Segundo o Governo, a exoneração ocorreu porque houve processo irregularidades no processo eleitoral que colocou o diretor no cargo. As irregularidades teriam sido constatadas por uma comissão eleitoral composta por membros do Governo, pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado (Sintep-PB) e pela Associação dos Professores em Licenciatura Plena (APLP). Foi esta Comissão que deu parecer pela anulação das eleições e realização de novo processo eleitoral, o que foi acatado pelo Governo.

Na reunião desta tarde com os alunos, ficou acertado que o secretário Walter Aguiar irá nesta sexta-feira (10), às 10h, ao Lyceu Paraibano, para conversar com os estudantes. Ele estará acompanhado por essa comissão eleitoral.

A reunião com a comissão estudantil teve a participação do secretário de Estado da Educação Afonso Scocuglia, do secretário de Estado do Governo Walter Aguiar, da procuradoria geral do Estado Livânia Farias. Os estudantes ainda foram inicialmente recebidos pela secretária Aracilba Rocha.

Os secretários explicaram aos estudantes que, uma vez detectado o procedimento inadequado nas eleições de diretores, houve a anulação do processo eleitoral, e determinou-se que fosse feita novas eleições.

“Houve um procedimento que não ocorreu de acordo com as regras eleitorais, e o Governo preza pela eleição transparente e pela democracia”, disse Walter Aguiar. “O que está ocorrendo não é a exoneração de ninguém. A comissão está convocando uma nova eleição por procedimentos incorretos durante a eleição desses atuais diretores”, esclareceu o secretário.

De acordo com Aguiar, o Governo designou uma direção provisória para dirigir as escolas até que a comissão faça novas eleições, que serão realizadas em breve.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.