Vida Urbana

Governo inaugura biblioteca no presídio de segurança média

Biblioteca, será administrada pela direção e agentes penitenciários, e atenderá cerca de quatrocentos detentos do regime aberto e semiaberto da penitenciária.




A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) inaugurou nesta terça-feira (29) uma biblioteca na Penitenciária Juiz Hitler Cantalice, o Presídio de Segurança Média da capital. O local conta acervo de mais de 2 mil obras literárias e didáticas, incluindo livros de Direito. A biblioteca resulta de parceria entre a Seap e a Faculdade Maurício de Nassau. 

A biblioteca, será administrada pela direção e agentes penitenciários, e atenderá cerca de quatrocentos detentos do regime aberto e semiaberto da penitenciária.

"Nosso objetivo é combater o ócio e contribuir de forma decisiva para o processo de reintegração dos apenados”, explica João Paulo Barros, diretor do presídio de Segurança Média. 

Bibliotecas

A meta da Seap é criar uma biblioteca em cada unidade prisional. No sábado (26), uma biblioteca já havia sido inaugurada no Presídio Feminino da capital, numa parceria entre o Governo e a Fundação Cidade Viva. 

Também na capital, a Igreja Evangélica está montando outra biblioteca no presídio PB1. Em Campina Grande, a Universidade Estadual da Paraíba está finalizando as obras de uma central de aulas e biblioteca no presídio Serrotão.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.