Vida Urbana

Funcionários da Alpargatas, em Campina Grande, testam positivo para Covid-19

O Ministério Público do Trabalho na Paraíba registrou oito denúncias trabalhistas contra a empresa.




Foto: Secom PMCG

Pelo menos sete funcionários da empresa Alpargatas, em Campina Grande, testaram positivo para Covid-19 até esta quarta-feira (20), conforme a Secretaria de Saúde do município. Após denúncias de que funcionários estariam sendo infectados dentro da fábrica, um procedimento de investigação foi instaurado junto ao Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB), que diz haver cinco funcionários afastados após serem diagnosticados com o novo coronavírus..

De acordo com o MPT, oito denúncias de violações trabalhistas vindas de funcionários da empresa já foram recebidas durante a pandemia. Devido ao iminente risco de contágio, relatado por funcionários, o procurador do trabalho responsável pelas investigações, Marcos Antônio Almeida, realizou uma audiência para discutir as denúncias recebidas pelo órgão na terça-feira (19).

“Determinamos que o Cerest e a Vigilância Epidemiológica fossem à Alpargatas. Estou aguardando os relatórios. Como detectamos algumas falhas na documentação anterior, a empresa também deverá complementar as informações e os documentos”, explicou o procurador.

Após a inspeção feita na terça (19), a Gerência de Vigilância Sanitária (Gevisa) e a Coordenação de Vigilância Epidemiológica, através da Secretaria de Saúde de Campina Grande, informaram que não constataram irregularidades sanitárias no local, e que todas as recomendações de prevenção à Covid-19 estão sendo seguidas.

“Não verificamos nenhuma irregularidade. Eles estão tomando todas as providências sanitárias necessárias, estão dividindo a equipe em três turnos, para não lotar ônibus, para não lotar o refeitório, para aumentar o distanciamento na área de produção; todos receberam máscaras e tem álcool em gel para a integralidade dos funcionários”, disse a Gerente da Gevisa, Betânia Araújo. 

Os órgãos que inspecionaram o local também informaram que a empresa dispõe de um posto de Saúde para atender profissionais sintomáticos, e que até o momento, fora os que estão afastados com diagnóstico positivo para a Covid-19, nenhum outro trabalhador apresenta sintomas.

Em nota, a Alpargatas informou que mantém rígidos processos de cuidado à segurança e saúde, e que tem trabalhado em conjunto com a Secretaria de Saúde de Campina Grande em inspeções sanitárias de rotina. 

 

Veja a íntegra da nota divulgada pela Alpargatas:

Desde o início da pandemia, a Alpargatas reduziu o número de colaboradores nas operações de produção e remodelou toda a estrutura das fábricas para atender às diretrizes do Ministério da Saúde e demais autoridades em relação à segurança e saúde dos colaboradores. As adaptações incluem, por exemplo, instalação de barreiras físicas entre as estações de trabalho, marcações de solo para indicar distanciamento necessário, aumento dos pontos de higienização pessoal, com pias para lavar as mãos e disponibilização de álcool gel em diversos locais, fornecimento e obrigatoriedade do uso de máscaras. Além disso, houve o reforço na rigorosa higienização realizada antes do início da jornada de trabalho.

Seguindo os protocolos médicos estabelecidos, os colaboradores que relatam sintomas são examinados pela equipe médica local e são afastados, devendo permanecer em isolamento. Diariamente essas pessoas são contatadas e monitoradas para diagnóstico e registro do estado de saúde. Pessoas assintomáticas que tiveram contato com casos confirmados, mesmo que externos ao ambiente de trabalho, também são afastadas por 14 dias. Nenhum colaborador com sintomas de coronavírus está autorizado a ir à fábrica.

Tamanho cuidado com a atenção dos colaboradores resulta em um número de afastamentos preventivos considerável e todos os casos são monitorados. Infelizmente, temos o conhecimento do diagnóstico positivo de cinco colaboradores, no entanto, não foram detectadas evidências de que relacionem os casos com as atividades laborais. Um deles está internado com estado de saúde estável. A empresa tem prestado todo auxílio necessário a seus colaboradores e seus familiares.

A Alpargatas ressalta que continua recebendo inspeções rotineiras de autoridades de saúde e que em nenhuma delas foi recomendado a realização de alguma medida diferente das já adotadas. A empresa manterá os rígidos processos de cuidado à segurança e saúde e tem trabalhado em conjunto à Secretaria de Saúde de Campina Grande contribuindo para contribuir com a comunidade local.”


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.