Vida Urbana

Fiscalização interdita oito academias em Campina Grande

Todas as academias fiscalizadas eram reincidentes em irregularidades.




Oito academias de ginástica e musculação da cidade Campina Grande foram interditadas após serem flagradas com irregularidades durante uma ação conjunta de fiscalização realizada pelo Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região da Paraíba (CREF10-PB), com apoio do Procon, Gerência de Vigilância Sanitária (GEVISA) e Polícia Civil. As interdições aconteceram nesta terça-feira (7).

Ao todo, as equipes de fiscalização visitaram academias, das quais, oito tiveram o funcionamento suspenso. Duas delas localizadas no bairro das Malvinas e outras duas na Liberdade. As demais ficam no bairro Santa Rosa, Jeremias, Portal Sudoeste e José Pinheiro.

Todas as academias visitadas eram reincidentes em flagrantes de irregularidades.O presidente do CREF10-PB, Francisco Martins, ressaltou que as interdições aconteceram devido à reincidência em falhas graves. “Para reabrirem, essas academias vão precisar se regularizar junto ao conselho. Aquelas que desrespeitarem a determinação, responderão na justiça pelo crime de desobediência”, disse.

Irregularidades

Entre os problemas encontrados, estavam estabelecimentos sem registro no conselho, ausência de profissional, estagiários sem supervisão de profissional e sem termo de contrato de estágio. A GEVISA também identificou irregularidades na higienização de ambientes, enquanto o Procon registrou problemas como ausência do Código de Defesa do Consumidor e de contratos entre usuários e academias.

Dois casos específicos foram encaminhados à delegacia da Polícia Civil, para que fossem registrados boletins de ocorrência. Um deles, por exercício ilegal da profissão. O outro, por desobediência à interdição.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.