Vida Urbana

Fim de ano exige mais atenção dos motoristas nas rodovias

Quem pretende viajar deve redobrar os cuidados nas BRs e fazer a manutenção  do veículo .




Seja para tirar férias, passar o Natal com a família, descansar ou aproveitar a virada do ano na praia, pegar a estrada será a opção de inúmeros paraibanos nas próximas semanas. Por esse motivo, o fluxo de veículos tende a aumentar nas rodovias do Estado e, com ele, vem a preocupação quanto à ocorrência de acidentes.

E é para prevenir essas ocorrências no período de maior fluxo de veículos nas rodovias, que os órgãos de trânsito já definiram as estratégias de operações e fiscalizações. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia hoje a operação ‘Rodovida’, que segue até 14 de fevereiro. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) também deve intensificar a ‘Operação Lei Seca’ nos dias de maior movimento.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba, o período de final de ano pode ser considerado igual ao do meio do ano quanto ao número de acidentes e vítimas, ambos os mais movimentados. Mas o feriado do Natal tende a ser menos violento que o feriado da virada de ano. Os acidentes mais comuns são as colisões traseiras, que são motivadas pela pequena distância em que os motoristas trafegam uns dos outros, aliada à distração.

Em todo o Estado, de dezembro de 2013 a fevereiro de 2014, foram registrados 1.052 acidentes nas rodovias federais paraibanas, deixando 676 feridos e 42 mortos. Já no período entre dezembro de 2014 até fevereiro de 2015, a quantidade de ocorrências diminuiu, foram 816 acidentes, com 534 feridos e 42 mortos.

Essa diminuição está ligada a diversos fatores, explica o inspetor da PRF, Anderson Poddis. “A consciência de uma parcela de condutores atentos à legislação e às proibições nas estradas, as operações de fiscalização e também as ações da PRF em pontos críticos têm contribuído para a redução dessas estatísticas”, afirmou. No Estado, 76 dispositivos de fiscalização eletrônica de velocidade monitoram as rodovias federais. Somente na BR-230, estão instalados 53 equipamentos. A PRF recomenda que os condutores planejem sua viagem, tenham atenção, cautela, tolerância no trânsito e pratiquem a direção defensiva.

 “Antes de pegar a estrada, fazer uma revisão preventiva no carro ou moto, examinando as condições de freio, fluidos, suspensão, pneus e estepe. Verificar também os equipamentos obrigatórios e o sistema de iluminação e não esquecer a documentação obrigatória, tanto pessoal quanto a do veículo”, também são ações indispensáveis, segundo o núcleo de comunicação do órgão.

Operação ‘Rodovida’ começa hoje e segue até 14 de fevereiro

Voltada para a prevenção e redução de acidentes de trânsito nas rodovias federais durante os feriados de fim de ano, férias escolares e Carnaval, a operação ‘Rodovida’ está em sua quinta edição. O principal objetivo da operação, que começa hoje e segue até 14 de fevereiro, é reduzir a quantidade de acidentes graves nas rodovias federais.

Na Paraíba, a fiscalização será realizada em conjunto com o Batalhão de Policiamento de Trânsito, o Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba, a Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Cabedelo, o Departamento Transporte e Trânsito de Santa Rita, o Departamento de Estradas e Rodagem da Paraíba (DER-PB), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a Polícia Civil.

No período de 27 de dezembro de 2014 a 1º de janeiro de 2015, por meio da operação ‘Rodovida’, a PRF realizou 874 testes de alcoolemia na Paraíba, quando 12 motoristas foram autuados por dirigirem sob o efeito de álcool, resultando em uma prisão. Também foram autuados 75 motoristas por ultrapassagens indevidas.

O Detran também deve intensificar, em conjunto com a própria PRF, Polícia Militar e outros órgãos de segurança, a operação ‘Lei Seca’. “Como as pessoas tendem a viajar, participar de festas e de comemorações, há maior probabilidade de que elas façam ingestão de bebidas alcoólicas. Por isso, vamos intensificar as operações nesse sentido e também observando a adequação dos equipamentos de segurança”, afirmou o chefe de policiamento da Operação Lei Seca do Detran-PB, Ricássio Lima. O órgão possui três equipes compostas por 20 agentes de trânsito e três policiais militares, cada. Somente nesse mês de dezembro, 144 pessoas já foram multadas por dirigirem sob efeito de álcool no Estado.

Multa pesada

Desde novembro de 2014, a fiscalização nas ultrapassagens mudaram. O motorista que for flagrado ultrapassando em local proibido e pelo acostamento será multado em R$ 957,70. Quem for pego forçando a passagem, obrigando o outro veículo a frear ou desviar, pagará multa no valor de R$ 1.915,40. Valores dobram para quem for flagrado  cometendo uma nova infração da mesma natureza em menos de 12 meses.

Dicas para uma viagem segura

– Mantenha uma distância segura do veículo seguinte;

– Respeito à sinalização e aos limites de velocidade;

– Todos os ocupantes do veículo são obrigados a usar cinto de
   segurança;

– Antes de fazer qualquer manobra, o motorista deve sinalizar e só
  ultrapassar pela esquerda, nos locais devidamente sinalizados e
   seguro;

– Todos os ocupantes do veículo são obrigados a usar o cinto
  de segurança. Crianças com até dez anos de idade devem ser
  transportadas nos assentos traseiros, usando os dispositivos 
  de segurança como o bebê conforto, cadeirinha ou assento de
  elevação, conforme a idade;

– A cada duas horas de direção, recomenda-se parar o veículo e
  fazer um descanso por 15 minutos;

– Não faça uso de bebida alcoólica se for dirigir.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.