Vida Urbana

Falta de abastecimento faz caixas eletrônicos ficarem sem dinheiro

Assessoria de imprensa do Banco do Brasil admitiu que a situação não é boa e que a falta de dinheiro já está afetando as quinze agências da Capital.




Da Redação

Devido à greve dos vigilantes anunciada nesta última terça-feira (30), os usuários de caixas eletrônicos da Capital já começam a ter problemas para sacar dinheiro. Na tarde desta quarta-feira (1º) a redação do Paraíba1 recebeu ligações de internautas informando a falta de dinheiro em caixas automáticos de agências do Banco do Brasil na UFPB e no Shopping Sul.

A assessoria de imprensa do Banco do Brasil admitiu que a situação não é boa e que a falta de dinheiro já está afetando as quinze agências da Capital. De acordo com a assessoria, o setor jurídico do banco está estudando as medidas cabíveis para solucionar o problema.

A nossa reportagem procurou a superintendência da Caixa Econômica, mas a assessoria informou que, em suas agências, até o momento a situação está sob controle. 

 Greve

Cerca de 300 vigilantes que trabalham no setor de transporte de valores nas regiões do Litoral, Brejo e Alto Sertão do estado estão em greve por tempo indeterminado. A mobilização envolve funcionários de quatro instituições particulares que atendem empresas e agências bancárias. A pauta de negociações com os empregadores tem cerca de 40 cláusulas econômicas e sociais.

Os grevistas são funcionários das empresas Nordeste Segurança de Valores, Preserv Segurança e Transporte de Valores, Brasil Forte Vigilância e Segurança e Servi-San. Elas têm sede em João Pessoa e Patos mas, como são responsáveis pelo abastecimento das cidades circunvizinhas, o sindicato calcula que as regiões do Litoral, Brejo e Sertão serão atingidas pela paralisação.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.