Vida Urbana

Faixas exclusivas para ônibus em João Pessoa voltam a multar a partir de segunda

A Semob-JP também divulgou as linhas que irão funcionar no plano de reabertura.




Foto: Secom-JP

A Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) informou nesta sexta-feira (3) que, com a retomada das atividades do transporte coletivo, o uso das faixas exclusivas para ônibus deixa de ser livre por outros veículos a partir da próxima segunda-feira (6). Com isso as faixas voltam a estar autorizadas apenas para o transporte público, veículos de operação e táxis com passageiros. A liberação total volta a valer apenas aos domingos e feriados.

A fiscalização das faixas dos ônibus é realizada tanto pelos agentes de mobilidade urbana em campo, quanto pelas câmeras instaladas nesses trechos, visualizadas do Centro Operacional de Trânsito e Transporte (COTT) da Semob-JP, de onde é possível registrar por imagens em alta definição as infrações praticadas e autuar os condutores.

Os motoristas que forem flagrados pagarão multa de R$ 293,47 e ganharão sete pontos negativos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), por infração gravíssima.

 

Circulação

 

Os ônibus voltam a circular na capital, a partir de segunda, com a frota reduzida de 60% dos veículos e a capacidade de lotação será de apenas 45%, o que representa aproximadamente 80 mil passageiros por dia. A Semob também divulgou, nesta sexta-feira, as linhas que irão funcionar neste primeiro momento na capital. Inicialmente serão 40 linhas de ônibus, sendo 11 delas sofreram ajuste no itinerário para se adaptar às necessidades da população (Confira aqui e abaixo).

Neste retorno, os ônibus vão circular apenas de segunda a sábado, das 6h às 19h, com a capacidade da lotação reduzida, sendo permitida a circulação apenas com passageiros sentados e até 12 em pé. Não haverá circulação nos domingos e feriados e a integração temporal passará de 40 para 80 minutos, com o objetivo de evitar aglomerações.

Todos os passageiros obrigatoriamente precisam usar máscara e as empresas precisam disponibilizar álcool em gel perto das catracas. Uma das recomendações é que crianças e idosos evitem usar o transporte coletivo neste momento. As crianças, principalmente, por serem vetores de transmissão da Covid-19.

 

Foto: divulgação/semob-jp


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.