Vida Urbana

Fábrica de plásticos de João Pessoa causa prejuízo de R$ 70 mil com furto de energia

Em três meses a empresa já consumiu 119.000 kw, o suficiente para abastecer 850 residências por um mês





Uma fábrica de plásticos localizada no Distrito Industrial de João Pessoa foi flagrada furtando energia elétrica. Segundo a Energisa, a empresa mantinha o ‘gato’ desde novembro de 2017 e gerou um prejuízo de cerca de R$ 70 mil. Equipes da concessionária e da Polícia Civil estiveram no local na manhã desta quinta-feira (1º).

De acordo com Danillo Lellis, coordenador da equipe de Medição e Combate a Perdas da Energisa, em três meses a Europlast Soluções Ambientais já consumiu cerca de 119.000 kw, o suficiente para abastecer 850 residências durante um mês no estado da Paraíba.

“A energia da empresa foi cortada [em novembro] devido a subestação estar em condições inadequadas e os equipamentos estavam sem a manutenção devida, o que colocava em risco a vida dos funcionários”, afirmou.

Ainda de acordo com a Energisa, o roubo foi descoberto pelo setor de inteligência da concessionária, que detecta anomalias no consumo das unidades e também através de denúncias da sociedade.”A empresa só poderia religar a energia após a manutenção indicada. A partir de agora vamos constatar as irregularidades, fazer um cálculo exato e cobrar da empresa o valor da energia furtada. A polícia também vai abrir um processo contra eles por furto”, afirma Danillo Lellis.

Após a chegada da equipe da Energisa, juntamente com a Polícia Científica e Civil, os funcionários da empresa fugiram do local. A reportagem da rádio CBN esteve no local, mas não conseguiu contato com nenhum responsável pela Europlast.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.