Vida Urbana

Estudantes devem realizar cadastro biométrico para uso do Passe Legal

Medida visa a evitar fraudes no serviço prestado pelas empresas de ônibus. 




Os estudantes que fazem uso do Passe Legal terão que realizar o cadastro biométrico, na sede do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de João Pessoa (Sintur), para ter acesso ao transporte urbano. A medida visa evitar fraudes no serviço. Não há um prazo definido ainda, no entanto, de até quando pode ser feito o cadastramento. 

Os leitores biométricos já estão instalados em vários ônibus que estão circulando pela capital. "A princípio, essa leitura biométrica vai valer apenas para os estudantes", afirma o diretor do sindicato, Mário Tourinho. Antes, o estudante apresentava o Passe Legal e, em seguida, tinha que apresentar a carteira de estudante. Com a mudança, ele vai passar o Passe Legal e realizar a leitura biométrica, sem a necessidade de apresentação da carteira de estudante. 
 
De acordo com Mário Tourinho, a medida visa dar mais velocidade ao passageiro na hora de embarcar, já que ele passará a ser autônomo no seu atendimento. Se alguma falha acontecer, porém, na leitura biométrica, todos os operadores estão orientados para que o cartão seja liberado, estando com crédito suficiente. 
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.