Vida Urbana

Estudante de Direito é preso, suspeito de fraudar contratos de aluguel

Ele teria causado um prejuízo de mais de R$ 100 mil para as vítimas.




Um estudante de Direito foi preso nesta quinta-feira (19) suspeito de praticar fraudes em contratos de alugueis de apartamentos de luxo na orla de João Pessoa. O homem, identificado como Manoel Filho, pode ter causado um prejuízo de mais de R$ 100 mil para as vítimas, de acordo com a Polícia Civil da Paraíba, que realizou a prisão.

“Vários turistas procuraram a polícia para registrar o crime que estaria sendo cometido por um falso corretor. De acordo com as vítimas, o homem oferecia locação de imóveis para temporada em um site nacional de compra e venda de serviços", afirmou o delegado da Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista (Deatur), Francisco de Azevedo Neto.

"Ele apresentava fotos das casas e apartamentos e pedia um adiantamento em dinheiro para concretizar a transação imobiliária, mas quando as pessoas chegavam à Capital descobriam que tinham sido vítimas de um golpe”, acrescentou.

O levantamento policial mostra que o suspeito atuava há pelo menos quatro anos. Para não ser identificado, Manoel Filho não colocava nenhuma foto no site e toda a negociação era feita por meio de trocas de mensagens pela internet. A polícia levou quase quatro meses para identificar o suspeito e confirmar as denúncias. Um trabalho minucioso de investigação porque os alvos eram pessoas de outros Estados que escolhiam a Paraíba para passar férias.

Além das trocas de mensagens apresentadas pelas vítimas para a polícia, os dados de uma conta bancária de Manoel Filho ajudaram nas investigações. Uma ligação feita para o Disque Denúncia levou a polícia até o endereço do suspeito. Os agentes de investigação foram até o local e depois de observar a movimentação no prédio entraram no imóvel com o mandado de prisão expedido pela Justiça.

Dentro do apartamento, que fica no bairro de Mangabeira, na Zona Sul da Capital, estavam duas mulheres e um homem. Manoel Filho, quando notou a presença dos policiais, pulou pela janela e na queda fraturou os ossos dos pés. Mesmo ferido, ele ainda tentou se esconder dentro de uma casa, mas policiais militares que chegaram para dar apoio à ação prenderam o suspeito. Na delegacia, Manoel Filho foi reconhecido por várias vítimas.

Contra Manoel Filho já existiam outros três mandados de prisão. Ele foi ouvido e autuado por estelionato. O suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia, no Geisel, onde vai ficar recolhido na carceragem aguardando a audiência de custódia. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.