Vida Urbana

Estudante da UFPB é preso com drogas e polícia encontra pé de maconha na Residência Universitária

Estudante é suspeito de tráfico e foi preso enquanto levava maconha, LSD e cocaína para Recife.




ufpb

PF encontrou ‘manteiga’ produzida com maconha.

Um casal de estudantes foi preso neste domingo (22) pela Polícia Federal, por suspeita de traficar drogas na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O flagrante ocorreu quando o casal viajava da capital paraibana para o estado de Pernambuco. A suspeita é de que eles estariam levando drogas para uma festa na cidade de Recife.

>>> Estudantes são vítimas de ‘arrastão’ durante aula no campus da UFPB em João Pessoa

As informações foram confirmadas pela Polícia Federal, em João Pessoa, à reportagem da TV Cabo Branco. O homem preso tem 35 anos e é estudante do curso de Pedagogia; e a jovem que namora com ele tem 20 anos de idade. Com o casal, a polícia apreendeu uma quantia em dinheiro, cigarros de maconha, cocaína, LSD e, ainda, uma maquineta utilizada para pagamentos com cartão.

Depois do flagrante, a Polícia Federal foi até a residência universitária do campus I da UFPB, em João Pessoa, onde encontrou mais droga escondida no quarto do estudante, que funcionava como ponto de venda de entorpecentes.

ufpbSegundo o delegado Bruno Rodrigues, da Polícia Federal, o suspeito já tem passagem pela polícia  por roubo e tráfico de drogas e já ficou preso por oito anos. Atualmente, ele traficava principalmente no interior da universidade.

O casal foi levado para a sede da Polícia Federal, em Cabedelo, na Grande João Pessoa e está preso aguardando audiência de custódia, que deve ocorrer nesta segunda-feira (23).

PF apreendeu pé de maconha no quarto vizinho

Conforme o delegado Bruno Rodrigues, após a prisão do casal os agentes da polícia realizaram uma varredura na Residência Universitária e acabaram encontrando, em outro quarto, um pé de maconha.

O delegado informou que o dono da planta não tem envolvimento com o casal suspeito de tráfico e foi autuado como usuário. Ele assinou um termo de compromisso para se apresentar à Justiça e foi liberado em seguida. A planta foi apreendida.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.