Vida Urbana

Estrutura do São João de CG terá mudanças

Gestão municipal analisa a possibilidade de transferir pavilhões e barracas para a parte inferior do Parque do Povo.




A estrutura do Maior São João do Mundo no Parque do Povo, em Campina Grande, vai passar por mudanças. O vice-prefeito Ronaldo Cunha Lima Filho anunciou na manhã de ontem que a gestão municipal está avaliando a possibilidade de modificar a estrutura da festa transferindo os pavilhões e barracas para a parte inferior do Parque do Povo. Com a mudança, os principais shows da festa passariam a ser realizados na parte superior do espaço, que, segundo o vice-prefeito, comporta uma quantidade maior de pessoas.

Ronaldo Filho explicou que a prefeitura fez um estudo do espaço disponível no Parque do Povo, chegando à conclusão de que a parte inferior do espaço comporta dez mil pessoas, enquanto que a ala superior pode receber um público quatro vezes maior, de aproximadamente 40 mil pessoas. Outra justificativa apresentada pelo vice-prefeito para a mudança do layout da festa é a questão da segurança. De acordo com ele, existe um afunilamento na parte inferior do parque, o que pode dificultar o esvaziamento do espaço em caso de alguma emergência.

Ainda sobre a mudança na estrutura do São João, o vice-prefeito esclareceu que essa possibilidade está sendo debatida com setores da sociedade que têm interesse na festa. Ele frisou que essas e outras propostas para o evento serão discutidas com os setores envolvidos. “A ideia é inovar, mas não a inovação pela inovação. Queremos resgatar para Campina Grande aquilo que há de mais importante, que é a nossa cultura”, destacou.

Ao comentar o assunto, o presidente do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Campina Grande e do Interior da Paraíba (SindCampina), Divaildo Bartolomeu, afirmou que a entidade ainda não tem conhecimento de nenhuma postura oficial da prefeitura sobre a questão. Ele informou que foi convocado para participar de uma reunião para tratar do tema nos próximos dias, mas, em princípio, argumentou que a instalação das barracas na parte superior é uma forma de oferecer conforto ao público que procura por espaços mais tranquilos no Parque do Povo.

Por enquanto, o presidente do SindCampina disse acreditar que toda proposta de mudança tem o objetivo de melhorar a festa e, por isso, deve ser bem recebida e analisada pelas partes envolvidas. Divaildo ressaltou ainda que vai aguardar a conversa com a prefeitura, ocasião em que o sindicato irá apresentar suas propostas e sugestões, para só depois emitir a posição da categoria sobre o assunto.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.