Vida Urbana

Escola estadual com nota 5,3

Com média acima da meta estabelecida pelo estado, e superior a meta nacional, Instituto Dom Adauto conquista 1ª colocação no Ideb.




O Instituto Dom Adauto, em João Pessoa, conquistou a primeira colocação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) entre as escolas públicas, com uma média de 5,3. Com esse resultado, a escola ficou acima da meta estabelecida pelo Estado e da média nacional. No outro extremo, aparece a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Isabel Rodrigues de Melo, em Campina Grande, que com 0,9 apresentou a pior nota no Estado.

Para o diretor do Instituto Dom Adauto, Monsenhor Ednaldo Araújo, a conquista dos estudantes se deve ao projeto pedagógico trabalhado na escola. “Além dos conteúdos básicos da sala de aula, nós temos uma vivência constante com os pais, que recebem toda uma formação e são parceiros dos educadores”, completa.

Entre as atividades extraclasse, estão as escolinhas de balé, futsal, judô, dança e música. Além disso, os alunos também participam de atividades religiosas, visitas culturais, aulas de campo e gincanas de conhecimento. A escola tem mil alunos, distribuídos em turmas que vão do 6º ao 9º ano do ensino fundamental.

Conforme as notas do Ideb, no ranking das 10 escolas com melhores notas na Paraíba, nove estão localizadas em João Pessoa. Apenas a Escola Municipal de Ensino Fundamental Dom Manuel Palmeira da Rocha, em Esperança, aparece na lista. Na relação, apenas quatro instituições alcançam desempenho igual ou superior a 5, todas na capital. O Centro de Ensino Sesquicentenário, em João Pessoa, que em 2009 encabeçava a lista aparece em 10ª posição.

Já as escolas com pior Ideb estão distribuídas por vários municípios. Nessa faixa estão as instituições com nota entre 0,9 e 1,7 para o indicador que varia de 0 a 10.

O secretário de Estado da Educação, Harrison Targino, foi procurado pela reportagem para comentar o resultado do Ideb, mas não foi localizado.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.