Vida Urbana

Drones são usados para monitorar aglomeração em parques e praças de João Pessoa

Novo decreto do prefeito da capital proibiu acesso aos espaço para conter avanço do coronavírus.




Foto: divulgação/secom-jp

Equipes da Prefeitura de João Pessoa realizaram nesta terça-feira (12) uma nova rodada de visitação aos parques e praças da capital para fiscalizar o cumprimento do decreto municipal que proíbe a visitação nos espaços públicos de lazer para realização de atividades físicas. Além de orientar quem eventualmente esteja descumprindo as determinações, as equipes das Secretarias de Desenvolvimento Urbano e de Segurança Urbana e Cidadania estão fazendo uso de drones para auxiliar na fiscalização, que continuará ocorrendo nos próximos dias.

As fiscalizações foram iniciadas nesta segunda-feira (11), quando passou a vigorar o novo decreto do prefeito Luciano Cartaxo (PV), que proíbe o acesso também às praias, calçadão e à orla da capital. Nestes dois dias foram visitadas a orla, a Vila Olímpica e praças como a da Paz (Bancários), da Convivência (José Américo), e do Coqueiral, (Mangabeira), entre outras.

De acordo com o secretário de Segurança Urbana e Cidadania, Dênis Soares, foi constatado que muitas pessoas ainda estão desrespeitando as medidas de isolamento social que tem como principal objetivo reduzir a possibilidade de transmissão do novo coronavírus neste período de pandemia.

“Ainda encontramos pessoas desrespeitando o decreto e praticando atividades físicas ou brincando nas praças. Abordamos as pessoas, buscamos conscientizá-las sobre o uso de máscara e sobre a proibição, neste momento, de frequentar estes locais, orientando que regressassem a suas casas. Também vimos muitas crianças brincando, por isso pedimos aos pais que não permitam que seus filhos saiam de casa, para se proteger e proteger as demais pessoas da doença”, afirmou.

A fiscalização aconteceu também em praças do Valentina, Geisel, Rangel, Cristo, Funcionários, Torre, Tambiá e Bessa. “Sabemos que a nossa capital possui espaços públicos muito atrativos, mas o momento é de conscientização. Ainda estamos com uma taxa de isolamento social inferior aos 70% recomendado. Nossas equipes estão vistoriando esses locais e orientando a população quanto às normas estabelecidas no decreto municipal. É preciso ficar em casa, garantir o isolamento social e pensar no bem coletivo”, destacou o secretário de Desenvolvimento Urbano, Zennedy Bezerra.

Segundo o decreto, o acesso às praças está proibido para qualquer atividade, seja comercial, recreativa ou para a prática de exercícios físicos. O mesmo vale para qualquer reunião de caráter cultural ou esportiva em espaços públicos, que estarão sujeitas à fiscalização municipal. Feiras livres, incluindo aquelas situadas no entorno de mercados, e bancas de alimento nas ruas estão suspensas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.