Vida Urbana

Dom Aldo lança nesta segunda cartilha: “Político não é Papai Noel”

Texto comenta a conduta dos candidatos, aponta políticas públicas para saúde, meio ambiente e educação e obrigações dos vereadores e prefeitos.




Da Redação

A cartilha "Eleições e a cidadania, 2008 – Não basta votar. É preciso participar” de orientações éticas sobre política e cidadania será lançada pelo Arcebispo da Paraíba Dom Aldo Pagotto às 10h desta segunda-feira (28). Um dos principais alertas é que os eleitores não confundam candidatos com Papai Noel.

“Político ou eleitor que pede ou promete dinheiro, emprego e favores em troca de voto não merece confiança. Gente que procura político para conseguir vantagem demonstra fraqueza de caráter. Há quem engane e há quem gosta de ser enganado, acostumado com a compra de voto por qualquer vantagem. Quem compra ou vende votos é desonesto”, defende um dos trechos da cartilha que tem mais 18 tópicos escritos por Dom Aldo.

Focco, TRE, Polícia Federal, Procuradoria Regional Eleitoral e OAB também participam do lançamento na Cúria Metropolitana na Praça Dom Adauto no Centro de João Pessoa.

Para alerta o eleitor, o texto comenta a conduta dos candidatos, aponta políticas públicas para saúde, meio ambiente e educação e obrigações dos vereadores e prefeitos, orienta o comportamento de oposição e situação na política e destaca a importância do combate à corrupção.

A assessoria da Arquidiocese alerta que não será distribuída a cartilha impressa, e quer incentivar o acesso ao portal da Instituição na Paraíba. O documento está disponível a partir das 10h desta segunda-feira.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.