Vida Urbana

Diretores de presídios são exonerados na PB

Os servidores exerciam cargos de diretor, diretor-adjunto, chefes de segurança e disciplina, chefe de almoxarifado e chefe de farmácia.




Oito diretores e chefes do Complexo Penitenciário Romeu Gonçalves de Abrantes (PB1 E PB2), em João Pessoa, foram exonerados nesta terça-feira (12). O ato governamental da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária foi publicado no Diário Oficial do estado.

De acordo com o  secretário de Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, “uns pediram para sair e eu decidi renovar toda a direção, o que é comum. A pessoa ficar todos os dias no mesmo lugar é cansativo”, explicou o secretário.

Os servidores exerciam cargos de diretor, diretor adjunto, chefes de segurança e disciplina, chefe de almoxarifado e chefe de farmácia. A mesma edição do Diário trouxe a nomeação dos substitutos para esses cargos. Auceny Gonçalves Beserra, passa a responder pela direção da penitenciária.

O Diário Oficial traz ainda as exonerações dos diretores e chefes de segurança e disciplina da Penitenciária de Regime Especial Desembargador Francisco Espínola, em João Pessoa, e as respectivas nomeações para os cargos.

Foi exonerado ainda o diretor adjunto da Penitenciária Padrão Regional de Campina Grande e os diretores e chefe de segurança e disciplina da Penitenciária João Bosco Carneiro, em Guarabira.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.