Vida Urbana

Detentos fugitivos do presídio Sílvio Porto continuam foragidos

Eles cumprem penas por homicídio e estupro. Polícia divulgou fotos e nomes.



Reprodução/TV Cabo Branco
Reprodução/TV Cabo Branco
Ednaldo da Silva Rodrigues (esq.) responde por homicídio e Fernando Oliveira Brito (dir.) por estupro

Ainda continuam foragidos dois presos da Penitenciária Desembargador Sílvio Porto, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, que fugiram na madrugada da quarta-feira (20). A polícia divulgou fotos e a identidades dos detentos, visando auxílio da população nas buscas através de denúncias.

Tratam-se de Ednaldo da Silva Rodrigues, condenado há 36 anos e oito meses por homicídio, e Fernando Oliveira de Brito, condenado há oito anos por estupro. Segundo a polícia, os presos conseguiram fugir após usar uma corda feita de lençóis e pular o muro do presídio.

A fuga

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), a fuga aconteceu durante um tumulto no presídio. Quatro detentos tentaram fugir, mas os agentes conseguiram impedir a fuga de dois deles.

Ainda conforme a assessoria da Seap, por volta das 8h desta quarta-feira os agentes realizaram uma recontagem dos presos para identificar quais detentos haviam fugido. As forças táticas da Polícia Militar e do Grupo de Operações Especiais (GOE) do Sistema Penitenciário faziam buscas pelos fugitivos nos arredores do bairro. Até as 8h40, os dois presos não haviam sido recapturados.

Moradores da região contaram em grupos nas redes sociais que o tumulto começou por volta das 2h. Segundo relatos, o alarme do presídio foi disparado e vários carros da Polícia Militar e da escolta penitenciária foram vistos pelas ruas do bairro. Os moradore contaram ainda que ouviram tiros durante a madrugada.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.