Vida Urbana

Decreto do governo aumenta valor de bolsa paga a policiais e bombeiros

Um coronel da Polícia Militar, por exemplo, terá o valor de R$ 1.198,37 acrescido à bolsa.




Um decreto assinado pelo governador Ricardo Coutinho e publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (30) aumentou o valor da Bolsa de Desempenho Profissional pago aos profissionais da Segurança Pública no Estado. Com a medida, um coronel da Polícia Militar, por exemplo, terá o valor de R$ 1.198,37 acrescido à bolsa.

O decreto abarca os servidores das polícias Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros. Um soldado das corporações militares terá acréscimo de R$ 233,94 na bolsa; um subtenente, de R$ 451,12; e um major, de R$ 867,17.

Atualmente, um soldado da PM e dos Bombeiros recebe uma bolsa no valor de R$ 260; um subtenente, de R$ 350; e um major recebe uma remuneração extra de R$ 700. O maior valor, de R$ 1 mil, é pago aos servidores no cargo de coronel.

No que concerne a Polícia Civil, os valores acrescidos à bolsa vão de R$ 216,91 (motorista policial classe A) a R$ 1.198,37 (delegado de polícia classe especial), de acordo com o cargo e a classe do servidor. A lista completa com os cargos e os valores acrescidos pode ser conferida na primeira página do Diário Oficial.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.