Vida Urbana

Crianças com 12 anos ou mais devem usar máscaras como adultos, orienta OMS

Na Paraíba, mais de 6 mil pessoas nesta faixa etária foram diagnosticadas com a covid-19.




A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que crianças com 12 anos ou mais devem usar máscaras para ajudar a combater a pandemia de covid-19 nas mesmas condições que os adultos Segundo dados do último boletim epidemiológico, divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) na última sexta-feira (21), mais de 6 mil pessoas entre 10 e 19 anos foram diagnosticadas com a doença. Desse total, 3334 era meninas e 2721 meninos.

Segundo a orientação da OMS, crianças entre seis e 11 anos também devem usá-las, mas sob abordagem baseada em risco. Os dados da Paraíba em relação a essa faixa etária confirmou a contaminação pela Covid-19 em 1213 crianças, sendo a 1.603 meninas e 1.610 meninos.

Crianças com 12 anos ou mais devem usar máscara, especialmente quando a distância de um metro de outras não pode ser garantida e há transmissão generalizada na área, afirmaram a OMS e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em documento no site da OMS.

O uso de máscaras por crianças entre seis e 11 anos depende de uma série de fatores, incluindo a intensidade de transmissão na área, a habilidade da criança em usar a máscara, o acesso a máscaras e a supervisão adequada de um adulto, disseram as duas organizações.

O impacto potencial na aprendizagem e no desenvolvimento psicossocial e as interações que a criança mantém com pessoas com alto risco de desenvolver doenças graves também devem desempenhar um papel na avaliação dos riscos.

Crianças de cinco anos ou menos não devem ser obrigadas a usar máscaras com base na segurança e no interesse geral da criança, acrescentaram a OMS e o Unicef.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.