Vida Urbana

Cotado para ser candidato a vereador, cabo da PM é preso após ser enquadrado na Lei Maria da Penha

Ele foi recolhido na sede do 1º BPM, acusado de ter agredido uma mulher em João Pessoa




Foto: Arquivo Pessoal

O cabo da Polícia Militar Rui da Silva Nóbrega, de 37 anos, conhecido como cabo Rui, foi preso neste sábado (1) em João Pessoa suspeito de ter agredido uma mulher, de 31 anos, no bairro dos Bancários. De acordo com a PM, ele foi enquadrado na Lei Maria da Penha e foi levado para a sede do 1º Batalhão da Polícia Militar, onde permanece recolhido.

Entusiasta do conservadorismo, o cabo é um dos nomes cotados para ser candidato a vereador da Capital pelo partido Patriotas. Ele é lotado no 5º BPM. A assessoria de imprensa da Polícia Militar ainda não se posicionou sobre a prisão.

A Lei Maria da Penha completa 14 anos na próxima sexta-feira (7) e tenta punir e evitar atos de violência doméstica. Nela estão previstos os crimes de violência física, sexual, psicológica, moral e patrimonial.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.