Vida Urbana

Correria de candidatos marca último dia do PSS

Acidente na BR-230 complicou o trânsito no entorno da UFPB e complicou o dia de muitos candidatos que perderam as provas em decorrência de atrasos.




No segundo dia de provas do Processo Seletivo Seriado (PSS) 2013 da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), candidatos ficaram presos em congestionamentos e perderam o horário das provas em João Pessoa. Apesar da Comissão Permanente do Concurso Vestibular (Coperve), organizadora da seleção, não ter divulgado os números totais de faltosos, por volta das 7h de ontem já havia indícios de que o último dia de provas da segunda fase do PSS seria marcado por transtornos. Nas imediações da UFPB, na capital, os candidatos se arriscavam e corriam em meio aos carros que se aglomeravam pelo local.

Pontualmente, às 8h os portões de acesso aos locais de prova foram fechados e alguns candidatos temendo a eliminação, correram para garantir a chegada no horário. No entanto, muitos candidatos se atrasaram devido ao congestionamento no trânsito, que já era previsto para o dia, mas que se agravou por conta de um acidente ocorrido na BR-230, próximo ao Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), envolvendo uma motocicleta, um caminhão e dois carros. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, não houve feridos graves.

Este acidente foi o principal motivo para o estudante Maycon Ribeiro, 17 anos, perder a aplicação de provas, mesmo saindo às 5h do município de Sapé, Região da Mata, onde reside. “Saí muito cedo de casa, mas infelizmente não foi dessa vez. Ontem (domingo) o horário foi o mesmo, mas cheguei com antecedência, hoje (ontem) devido a esse acidente perdi o vestibular”, lamentou o candidato à vaga de administração.

Já a estudante Dayanne Lara, que pretendia cursar Letras/Inglês, não se conteve ao ser impedida de entrar na sala para fazer a prova e chorou na tentativa de aliviar a frustração. “Eu estava muito bem nas provas do 1° e 2° ano, e ontem (domingo), das 16 questões, eu acertei 12. É triste demais e o pior é que não foi culpa minha, saí com antecedência de casa, mas por irresponsabilidade de alguém perdi a prova”, contou a candidata que também foi prejudicada pelo acidente na BR-230.

Agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) estiveram empenhados nos principais locais onde foram realizadas as provas do PSS para facilitar a fluidez do trânsito. Além disso, as linhas de ônibus foram reforçadas para atender à grande demanda de candidatos, em especial as linhas circulares que abastecem os corredores mais intensos da cidade.

Ao final da manhã, os primeiros candidatos a finalizar as provas saíam das salas de aula e comentavam as questões e o desempenho no processo, como a estudante Camila Leandro, candidata ao curso de Engenharia de Energias Renováveis.

“Acredito que para a maioria das pessoas, as provas de exatas são mais complexas e exigem mais concentração. No entanto, como meu curso é nesta área, me preparei bem para as provas que envolviam cálculo e estou confiante no resultado”, relatou.

Dados da Coperve revelam que no primeiro dia de provas, no último domingo, 5.416 foram eliminados por faltarem ao exame. Os dados finais devem ser divulgados apenas hoje.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.