Vida Urbana

Consumo de água na região de Campina Grande aumenta mais de 35% durante a pandemia

Cagepa afirma que a vazão de água passou de 764 litros por segundo para 1.036 nas seis cidades da região.




Foto: Arquivo

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) registrou uma aumento de 35,5% no consumo de água na região de Campina Grande durante o período de isolamento social, necessário para prevenir a disseminação do novo coronavírus.

De acordo com o levantamento, que compara a vazão de água consumida pela população de Campina Grande e de outras cinco cidades da região, abastecidas pelo Açude Epitácio Pessoa, em junho de 2019 foram liberados 764 litros por segundo, enquanto no mesmo período em 2020, foram 1.036 litros por segundo.

O gerente da Cagepa em Campina Grande, Lucílio Vieira, no entanto, afirma que o aumento registrado no consumo de água pela população da região, não está totalmente associado ao isolamento social, já que tradicionalmente as pessoas costumam consumir mais água ao notarem uma estabilidade no volume do Açude de Boqueirão.

“Desde março notamos um crescente aumento na vazão diária de água consumida pelas pessoas, maior que antes da pandemia. É fato que o uso da água é uma fator importante pra que posamos evitar a contaminação pela Covid-19, todavia esse aumento também é decorrente do uso não racional dos recursos hídricos.”, comentou Lucílio.

Atualmente, o volume do Açude de Boqueirão está com 67,35% de sua capacidade total, de acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa-PB). A Válvula Dispersora do açude está aberta desde o último dia 2 de junho, 2 metros cúbicos de água por segundo.

Já em João Pessoa, um pequeno aumento no consumo de água, de cerca de 2,8%, foi registrado durante a pandemia do novo coronavírus.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.