Vida Urbana

Circulação nas centrais de abastecimento da PB só será permitida com máscaras

Os locais também seguem funcionando com horário diferenciado.




As centrais de abastecimento de alimentos de João Pessoa, Campina Grande e Patos, na Paraíba, passam a proibir a entrada de pessoas que estejam sem máscara, após o decreto do Governo do Estado que obriga o uso do material. A determinação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (7). As centrais já tinham passado por alterações no horário de funcionamento desde o dia 25 de março, de segunda-feira a sábado, das 3h às 10h.

A partir desta quinta, os permissionários estão obrigados a fornecer máscaras a todos os funcionários, apoiadores e ajudantes de qualquer natureza, bem como aos fornecedores que estejam entregando mercadorias no estabelecimentos. Eles também devem verificar o uso correto das máscaras.

Os donos dos estabelecimentos também não devem permitir a entrada de consumidores nos estabelecimentos caso estejam sem máscaras. Além disso, caso algum funcionário apresente qualquer sintomas de febre, falta de ar, tosse, cansaço, dor de garganta, diarreia, coriza, entre outros que sejam possíveis sintomas da Covid-19, não deverá comparecer nas centrais de abastecimento pelo período de 14 dias.

Os permissionários das centrais de abastecimentos terão um prazo de 48 horas para adequar as instalações na forma de atender os clientes, sob pena de serem multados ou fechados.

Outras mudanças já decretadas

A principal mudança está nos horários de funcionamento das Empresas Paraibanas de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa). As centrais passam a funcionar de segunda-feira a sábado, das 3h às 10h.

Uma medida muito importante destacada na portaria é a restrição de circulação de pessoas com idades acima de de 60 anos e abaixo de 14 anos dentro das centrais. Também está proibido o consumo local em bares, restaurantes, lanchonetes e quiosques, podendo funcionar apenas em sistema de delivery. As feiras de animais também estão suspensas no període pandemia do coronavírus.

Após o horário exigido para o funcionamento, os locais serão esvaziados e os portões serão fechados ao públicos para seja feita uma limpeza e higienização das áreas comuns das Centrais de abastecimento. Nesse momento, apenas os permissionários e funcionários regularizados poderão permanecer no local, limpando e higienizando os boxes, bem como repondo os estoques.

Entre as medidas estabelecidas na portaria da Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca da Paraíba (Sedap), ainda está que, após o fechamento dos portões, os permissionários devem fazer a limpeza e higienização ao tempo necessário entre a entrega e a retirada de mercadorias.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.