Vida Urbana

Centro de Zoonoses realiza feira de adoção de animais neste domingo

Feira acontece das 9h ao meio-dia. Estarão disponíveis para adoção 128 gatos e 60 cães (sendo 40 filhotes e 20 adultos)
 




Neste domingo (15), o Centro de Zoonoses de Campina Grande realiza uma feira de adoção de animais. A feira acontece das 9h ao meio-dia, no Centro de Zoonoses, localizado na rua Isolda Barros Torquato, s/n, bairro de Bodocongó. Estarão disponíveis para adoção 128 gatos e 60 cães (sendo 40 filhotes e 20 adultos).
 
Os interessados em adotar um animal deverão levar um documento de identificação (com foto), e cópia do comprovante de residência. Com a medida, o Centro de Zoonoses pretende oferecer um lar para estes animais, sob os cuidados domésticos dos adotantes. “É também uma forma de promover o bem-estar animal”, frisou a gerente de Vigilância Ambiental e Zoonoses, Rossandra Oliveira.
 
Na feira, os visitantes ainda poderão contar com serviços de beleza, como cabeleireiro, e participar de oficina de pintura artística, além de assistir a uma apresentação musical e ter acesso a serviços de saúde, como teste de glicemia.
 
O Centro de Zoonoses vem realizando uma política de bem-estar por meio da reforma da sala de cirurgia, o que possibilitou a realização de até dez procedimentos cirúrgicos por dia. No local também é possível realizar a castração, como forma de evitar o aumento da população animal, o abandono e os consequentes maus tratos nas ruas.
 
Além dos capturados, os donos de animais de estimação que participam de programas sociais do Governo Federal podem ter acesso à castração para seus cães e gatos de forma gratuita.
 
Em toda a cidade são pelo menos 40 mil cães e cerca de 20 mil gatos. Outra medida que vem sendo aplicada anualmente é a vacinação antirrábica. E uma novidade, que começou a valer nesta semana, é o registro geral de animais. Estão sendo implantados chips nos animais utilizados em veículos de tração animal.
 
A ideia é monitorar os animais, controlar a circulação e obter dados dos proprietários para evitar maus tratos e assegurar que os animais recebam os cuidados em saúde. Posteriormente, a política será expandida para cães e gatos. 
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.