Vida Urbana

Cavalgada da Integração João Duré sairá domingo

Participantes percorrerão 174 quilômetros de Itabaiana, na Paraíba, até Macaíba, no Rio Grande do Norte.




Mais de 600 cavaleiros deverão participar dos sete dias da 6ª Cavalgada da Integração João Duré. De amanhã até o próximo sábado, os participantes percorrerão 174 quilômetros de Itabaiana, na Paraíba, até Macaíba, no Rio Grande do Norte. Ao todo, nove cidades serão visitadas pela comitiva que, neste ano, além das comemorações tradicionais, fará uma campanha de prevenção do câncer de mama.

“Nós temos uma média de 20 médicos que nos acompanham, então, todos os anos procuramos fazer campanhas de conscientização nos municípios que passamos. Em 2012, distribuiremos cinco mil panfletos sobre os cuidados para evitar o câncer de mama”, explica Pacheco Duré, um dos organizadores do evento.

Além dos folders, os cavaleiros distribuirão bombons e farão a entrega de 20 cabras leiteiras para crianças de escolas municipais da zona rural.

“O projeto ‘Crie uma cabra’ é bem interessante. Nós compramos dez matrizes de cabras e outras dez são doadas pela prefeitura do município. Uns seis meses antes da cavalgada, escolhemos um grupo escolar para concorrer e os alunos com as melhores notas ganham os animais”, comenta.

Neste domingo, em média 35 cavalos sairão de Itabaiana para São José dos Ramos, onde haverá a primeira festa da 6ª Cavalgada da Integração João Duré.

De segunda a sexta-feira, o número de participantes sobe para 120, entre cavaleiros e apoio. Eles passarão pela Fazenda Umari (PB), Araçagi (PB), Duas Estradas (PB), Nova Cruz (RN) e Serrinha (RN).

“Depois em Lagoa Salgada, nossa comitiva se reúne com a Cavalgada da Praia – que leva mais 500 cavalos – e andaremos os últimos 23km até Macaíba”, conta. Por fim, haverá uma festa ao som do forrozeiro Waldonys. “É uma festa bonita, animada e faz parte do calendário cultural da Paraíba”, finaliza Pacheco.

HISTÓRIA
A Cavalgada da Integração João Duré começou em 2006 depois que os descendentes da família Pacheco descobriram o percurso que era feito por João Duré há 60 anos.

Segundo um dos organizadores do evento, Pacheco Duré, seu bisavô seguia de Itabaiana, na Paraíba, até Macaíba, no Rio Grande do Norte, para comprar gado e depois retornava para a Paraíba guiando os animais.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.