Vida Urbana

Catador é morto com golpes de pedra na cabeça em Campina Grande

Preso albergado também foi vítima de homicídio na cidade.



Felipe Valentim / TV Paraíba
Felipe Valentim / TV Paraíba
Segundo a polícia, golpes deixaram o rosto da vítima irreconhecível

Um catador de material reciclável foi morto a pedradas na madrugada desta sexta-feira (29) no bairro das Malvinas, em Campina Grande. De acordo com o delegado Francisco de Assis, responsável pelas investigações do caso, a série de agressões com pedras deixou o rosto da vítima irreconhecível.

Segundo as informações da polícia, a vítima, que foi identificada como Paulo de Melo Sousa, 64 anos, estava bebendo em companhia de outras pessoas quando o crime aconteceu, porém nenhum suspeito foi localizado nas proximidades do local.

Outro crime

Um preso albergado foi baleado na manhã desta sexta-feira (29), no bairro da Prata, em Campina Grande. Jefferson Barbosa de Brito, de 20 anos, sofreu o atentado a tiros quando seguia para o trabalho após ter saído do presídio do Monte Santo, onde passa as noites.
 

O crime foi executado por dois homens não identificados que estavam em uma moto e fugiram após atirar na cabeça da vítima, que foi socorrida com vida para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Jefferson passou por atendimento médico, mas acabou morrendo no final da manhã.

(Atualizada às 13h30)

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.