Vida Urbana

Campina Grande é destaque em reportagem da revista Veja

Segunda maior cidade da Paraíba foi citada na publicação entre as mais “fortes” cidades médias do Brasil e considerada como a "Metrópole do Futuro".




Da redação
Com assessoria

Com o título “A força das Cidades Médias”, a Revista Veja, de circulação nacional, em sua edição desta semana, está destacando que Campina Grande já pode ser incluída no seleto grupo das futuras vinte metrópoles brasileiras. De acordo com a publicação, em matéria especial, os anos 2000 foram marcados pelo progresso do interior brasileiro, sendo a Cidade Rainha da Borborema um exemplo dessa transformação.

“O crescimento das cidades médias, aquelas com mais de 100 mil e menos de 500 mil habitantes, é o grande fenômeno nacional. Na próxima década, a catarinense Joinville, a gaúcha Caxias do Sul, Niterói e Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, e Santos e São José do Rio do Preto, em São Paulo, devem ombrear com Londrina. No Nordeste, a pernambucana Petrolina e a paraibana Campina Grande já se comportam como metrópoles”, destaca o texto da Veja.

Segundo a Revista, Campina Grande conta hoje todo um quadro de cidade pujante. Com uma população de 383 mil habitantes, a sua economia destaca-se por desfrutar de R$ 3,1 bilhões de Produto Interno Bruto; R$ 8.350 de renda per capita anual; 4,9% de crescimento econômico anual. De acordo com a publicação, os motores da economia campinense são o comércio e educação, havendo ampliação do seu polo tecnológico.

Conforme ressaltou a revista, Campina Grande é uma cidade em torno da qual “gravitam 70 municípios da Paraíba e que reivindica o título de capital do interior do Nordeste”. Para a revista, a cidade também deve o seu crescimento graças à produção de algodão, indústria e pelo comércio atacadista.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.