Vida Urbana

Campanha de vacinação contra a febre aftosa pretende vacinar 1,3 milhão de animais na Paraíba

A vacinação estava programada para maio, mas foi adiada por causa da pandemia do novo coronavírus.




Campanha de vacinação contra a febre aftosa na PB começa na próxima segunda (1º) Foto: Sidney Oliveira/Agência Pará/Fotos Públicas

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa será iniciada, na Paraíba, a partir da próxima segunda-feira (1º). Até o dia 30 de junho, a expectativa da Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) é vacinar todo o rebanho estadual, que conta com quase 1,3 milhão de bovinos e 1.976 búfalos, segundo um levantamento feito pelo órgão.

Os criadores terão até o dia 30 de junho para comprar as vacinas contra a doença em farmácias autorizadas e vacinarem seus rebanhos. Mesmo quem tem apenas um animal, por exemplo, está obrigado a cumprir a determinação do Governo Federal.

Por causa de uma decisão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a campanha – que deveria ser realizada no mês passado – acabou sendo adiada para junho. A medida se deu pelo fato de sete Serviços Veterinários Estaduais (SVE) entrarem com pedidos de adiamento, por causa da pandemia provocada pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Segundo o gerente da Defesa Agropecuária, Rubens Tadeu, todos os técnicos estão envolvidos na campanha, com o objetivo de percorrer as propriedades rurais, a fim de fiscalizar e orientar sobre a importância de continuar vacinando o rebanho.

Ele lembrou que após o prazo, os criadores terão dez dias para comprovar a vacinação em escritórios da Gerência Estadual de Defesa Agropecuária. “É muito importante que os criadores comprovem a vacinação para evitar sanções e multas e poder transitar livremente dentro do Estado com o seu rebanho”, alertou Rubens.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.