Vida Urbana

Campanha de vacinação contra febre aftosa na Paraíba é prorrogada até 31 de dezembro

Prazo para comprovação agora vai até o fim de janeiro de 2021.




Campanha de vacinação contra febre aftosa é prorrogada até 31 de dezembro. Foto: Sidney Oliveira/Agência Pará/Fotos Públicas

A campanha de vacinação contra a febre aftosa na Paraíba foi prorrogada até o dia 31 de dezembro. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (30) pelo governador João Azevêdo (Cidadania), durante o programa ‘Fala, governador’, transmitido pela Rádio Tabajara. Com a definição do novo calendário, divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o prazo para comprovação até o dia 31 de janeiro de 2021.

“É importante fazer a vacinação do rebanho para que a gente mantenha a Paraíba na zona livre de aftosa com vacinação e, posteriormente, sem vacinação, porque essa é uma das maiores metas para a economia do Estado, permitindo a comercialização do nosso gado para qualquer região do mundo se atingirmos os patamares e metas estabelecidas”, pontuou.

Com um rebanho bovino superior a 1 milhão de cabeças de gado, o desempenho do Estado em vacinação contra a febre aftosa atualmente ultrapassa a meta de 90% do rebanho. Por causa disso, a Paraíba recebeu o certificado de ‘Estado livre da febre aftosa com vacinação’, fornecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

A meta é que, até 2021, o Estado consiga o status de livre da febre aftosa sem vacinação, conforme preconiza o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Para vacinar os animais de 0 a 24 meses, o produtor deve procurar as casas veterinárias cadastradas na Gerência Executiva de Defesa Agropecuária (Geda) da Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) e comprar a vacina. Em caso de dúvidas no processo de vacinação, deve procurar os escritórios no interior do Estado.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.