Vida Urbana

Câmera flagra ação de criminosos contra empresária em Campina Grande

Célia Cirne foi baleada, chegou a  ser socorrida , mas acabou morrendo.




Uma câmera de segurança flagrou o momento em que a empresária Célia Márcia Santos Cirne, de 69 anos, é abordada por assaltantes na Rua Getúlio Vargas, no Centro de Campina Grande. Ela foi baleada pelos criminosos, chegou a ser socorrida, mas não resistiu. O crime aconteceu na tarde do sábado (24).

Nas imagens é possível ver um dos assaltantes atravessando a rua, correndo, com a arma em punho e invadido o estacionamento onde a empresária foi abordada. Em seguida, o segundo suspeito se aproxima em uma motocicleta e os dois fogem.
 

A gravação mostra, em seguida, o carro da empresária saindo sem controle e cruzando a rua. O veículo é atingido por outro automóvel e só para quando bate em uma loja. As imagens não mostram o momento em que Célia é baleada, mas a polícia acredita que ela reagiu ao assalto.

"Ela ficou um pouco assustada e eles entenderam como se fosse uma reação e atiraram. Do local foi levado a bolsa da vítima com objetos pessoais", disse a tenente Rafaela Rotundano, da Polícia Militar.
 

Ainda de acordo com a PM, a mulher chegou a ser socorrida com vida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante o atendimento.

A Polícia Civil investiga o caso e segundo o delegado Cláudio Manoel, as imagens das câmeras de segurança dos estabelecimentos próximos ao local do crime foram solicitadas para tentar identificar a dupla. "Por enquanto trata-se de um latrocínio tentado, onde segundo testemunhas os pertences dela foram levados e ela foi atingida por um tiro", completou o delegado.

O corpo de Célia Cirne foi enterrado por volta do meio-dia deste domingo (25) no Cemitério Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande. A empresária era irmã do presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), desembargador Cláudio Santos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.