Vida Urbana

Cabeleireiro paraibano morre vítima de bala perdida durante o Carnaval no rio de Janeiro

Natural de Lagoa Seca, Josué José da Silva Filho, conhecido como Jô Cabeleireiro, foi baleado durante bloco de Carnaval.




Foto: Reprodução/Facebook

Cabeleireiro paraibano de 49 anos morre nesta quarta-feira (14) vítima de bala perdida na cidade de Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Natural de Lagoa Seca (PB), Josué José da Silva Filho, mais conhecido como Jô Cabeleireiro, foi baleado , na terça-feira (13), durante o desfile de um bloco de Carnaval na cidade. Ele foi encaminhado para o Hospital Alberto Torres, no município de São Gonçalo. Após passar por cirurgia, devido à gravidade dos ferimentos nos pulmões, não resistiu e veio a óbito.

De acordo com sua sobrinha Daniele Medeiros, o cabeleireiro tinha viajado na segunda-feira (12) para passar 15 dias com familiares no Rio de Janeiro. “Ele estava com alguns sobrinhos no momento em que foi baleado”.

O corpo foi liberado para o Instituto de Médico Legal (IML) e ainda não há previsão de chegada na Paraíba. Segundo informações de familiares, Jó Cabeleleiro vai ser sepultado no Sítio Campinote, localizado no Distrito de São Pedro, em Lagoa Seca.

Jô era proprietário do salão de beleza ‘Jô Fashion’, na Praça Coronel Antonio, no centro de Campina Grande. Vários clientes lamentaram a morte do profissional.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.