Vida Urbana

Bares, restaurantes e academias retomam as atividades em João Pessoa a partir desta segunda

A medida faz parte da quarta fase do Plano Estratégico de Flexibilização.




A partir desta segunda-feira (27), bares, restaurantes e também das academias de atividades físicas de João Pessoa podem voltar a funcionar em João Pessoa. Eles podem funcionar limitados à 50% de sua capacidade de atendimento e seguindo horários específicos determinado pelo poder público. Também está liberado as aulas presenciais para alunos em fase de conclusão de curso nas faculdades.

A medida faz parte da quarta fase do Plano Estratégico de Flexibilização com relação à pandemia do novo coronavírus, divulgado pelo prefeito Luciano Cartaxo (PV) na última sexta-feira (24).

Conforme o plano, os bares e restaurantes podem funcionar no horário de café da manhã entre 7h e 10h, almoço entre 12h e 16h, e no horário de jantar entre 18h e 22h. A medida se estende a outros estabelecimentos de gastronomia, como lanchonetes e docerias.

Além de respeitar as chamadas ‘regras de ouro’, como o uso obrigatório de máscaras, distanciamento de 1,5m e disponibilização de álcool gel, para a retomada os setores de alimentação e bares devem funcionar sem shows ou apresentações de música ao vivo, bem como playgrounds e espaços de recreação.

Ficam também proibidos os sistemas de rodízio, buffet exposto e o self service só poderá funcionar com protetores e sendo servidos por atendentes do próprio restaurante.

 

Bares da orla

 

Os quiosques e bares da área da orla de João Pessoa também estão autorizados a funcionar no mesmo modelo dos bares e restaurantes, respeitando os mesmo horários, mas proibidos de colocar mesas e cadeiras nas faixas de areia das praias urbanas da capital paraibana.

Apesar da liberação dos bares da orla, o banho do mar e uso da faixa de areia para lazer seguem proibidos, bem como a utilização dos estacionamentos da orla, que seguem proibidos de serem utilizados. Também não podem ser realizados show e espetáculos no estabelecimentos.

 

Shoppings

 

No caso de shoppings centers, eles também passam a funcionar seguindo horários especiais, mas apenas para aqueles restaurantes, lanchonetes e cafeteiras que têm mesas próprias. O diferencial é que ele deverá respeitar o horário liberado para os shopping, atualmente das 12h às 20h. Os demais estabelecimentos que funcionam nas praças de alimentação, seguem apenas funcionando com pedido e entrega direta no balcão e delivery.

 

Academias

 

As academias de ginástica também poderão retomar as suas atividades. A decisão foi tomadas após diálogo com as entidades das categorias. Eles irão funcionar também apenas com 50% da sua capacidade e com agendamento de horário para os clientes. As academias devem manter as máquinas distanciadas umas dos outras e realizar a limpeza com álcool 70% a cada uso. Estão vedadas aulas coletivas, como ginástica e dança.

O esporte profissional pode dar continuidade a seus jogos, no entanto, ainda sem torcidas. Outros eventos, como os sociais, permanecem fechados durante o mês de agosto, assim como as praias e estacionamento da Orla, cinemas e teatros e as atividades educacionais.

 

Aulas

 

Outra liberação feita pontualmente pela Prefeitura de João Pessoa foi a liberação das aulas práticas e laboratoriais para estudantes de faculdades particulares que estão em conclusão de curso, que precisam apenas cumprir requisitos de aulas presenciais para concluir os estudos de nível superior.

Teatros, cinemas, museus e a faixa de areia das praias de João Pessoa, incluindo o estacionamento da orla da capital paraibana, seguem fechados nesta etapa da flexibilização. Da mesma forma segue proibido o banho de mar nas praias de João Pessoa. As aulas em escolas municipais e privadas também segue sem previsão de retorno.

 

Plano Estratégico

 

O Plano Estratégico teve início em 15 de junho, após o fim do isolamento social rígido, com ações planejadas e regras de ouro para garantir a segurança da população e evolução da cidade no enfrentamento à pandemia. Entre elas, o distanciamento social, ou seja, 1,5m de distância entre funcionários e clientes, priorização do trabalho remoto para colaboradores de risco e demarcação de espaço nas filas, além de medidas de higiene como disponibilização do álcool 70% e uso obrigatório de máscaras.

Na primeira etapa, retornaram à atividade segmentos como o comércio atacadista, a construção civil, concessionárias, revendas de veículos e locadoras, e empresas de assistência técnica, além de atividades religiosas com 30% da capacidade.

Na segunda etapa, iniciada em 29 de junho, as lojas de material de construção passaram a funcionar com a permanência simultânea de um cliente a cada 10m² de área do estabelecimento. Outros setores como dos profissionais liberais e atletas profissionais retomaram ao trabalho e treinos, respectivamente, seguindo protocolos e observando as medidas de prevenção. Já para as atividades religiosas, foram mantidos os critérios da primeira fase, ou seja, 30% da capacidade.

Os ônibus do transporte público coletivo também regressaram no dia 6 de julho, como parte da segunda etapa do Plano de Flexibilização, com novas medidas de segurança e higiene nos ônibus e paradas.

Na terceira fase, no último dia 10 de julho, a prefeitura permitiu a reabertura o comércio da capital, das 9h às 15h, inclusive shoppings, 12h e 20h. Também foram liberados os jogos do Campeonato Paraibano de Futebol e atividades físicas na orla de João Pessoa.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.