Vida Urbana

Atraso de prefeitos barra entrega de donativos em 27 cidades da PB

Apenas seis dos 33 municípios em situação de emergência apresentaram documento de avaliação de danos. Sem ele, Defesa Civil não pode destinar doações.




Karoline Zilah

A ajuda à população que ficou desabrigada devido à chuva está demorando a chegar aos municípios por causa de uma falha de muitos prefeitos. De acordo com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Humano, representantes legais dos municípios ainda não preencheram o documento de avaliação de danos, que registra e enumera os problemas causados pela chuva.

Conforme o alerta da secretaria, os donativos (a exemplo de alimentos, roupas e colchões) só podem ser liberados pela Defesa Civil mediante a entrega deste documento. Também é necessário que seja informado a quantidade de famílias afetadas.

Até esta quarta-feira (27), apenas seis dos 33 municípios em situação de emergência estavam em dia com a obrigação: Mari, Sobrado, Caaporã, Mulungu, Salgado de São Félix e São José dos Ramos. Ao todo, são 47 municípios em estado de emergência, mas nesta lista só estão presentes os que foram prejudicados pelas chuvas desde último mês.

“Se eles não fizerem isso, os municípios não poderão receber os benefícios para a recuperação dos estragos. Colocamos técnicos à disposição de cada município”, alertou a secretária Aparecida Ramos.

Nesta quarta-feira (27), a Secretaria de Desenvolvimento Humano resolveu prorrogar o prazo da campanha para doações, por considerar que os benefícios arrecadados até agora foram insuficientes para atender à grande demanda.

Foram arrecadados 400 colchões, 400 agasalhos e 60 toneladas de alimentos, além de mais de cinco mil cestas enviadas pelo Governo Federal. A meta é atingir 100 toneladas de alimentos. O Governo Federal garantiu enviar mais cinco mil cestas, totalizando dez mil doadas à Paraíba.

De acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, a maior necessidade atualmente é de alimentos e colchões. Com relação às roupas, o apelo é para que a população entregue somente confecções que estejam em bom estado de conservação e que tenham condições de uso.

Onde doar

Os postos para doação de alimentos estão nas Casas da Cidadania, Espaço Cultural, Emater, PBtur, Batalhões da Polícia Militar, Associação dos Plantadores de Cana (Asplan) e igrejas. O Banco do Brasil também destinou a conta 100.000-4 agência: 1618-7 para as doações em dinheiro.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.