Vida Urbana

Arquidiocese da Paraíba libera celebrações com presença de fiéis

Igrejas devem seguir uma série de regras sanitárias.




Foto: Divulgação

A Arquidiocese da Paraíba emitiu nesta terça-feira (16) um decreto autorizando a presença de fieis em celebrações religiosas. A realização de atividades presenciais estava suspensa por conta da pandemia do novo coronavírus, mas de acordo com a Igreja, as missas, batizados, casamentos, confissões, exéquias e unção dos enfermos irão voltar a acontecer de maneira gradual na Paraíba. O novo decreto entra em vigor no próximo sábado (20).

Confira aqui o decreto da Arquidiocese para retorno das celebrações presenciais

O Arcebispo Metropolitano da Paraíba, Dom Manoel Delson, mencionou a responsabilidade que a Igreja possui para prevenir contágios pela Covid-19 ao estabelecer as diretrizes para o retorno gradual das celebrações. O novo decreto do Governo do Estado permite o retorno das atividades religiosas, desde que sejam respeitadas as normas sanitárias.

De acordo com o decreto da Arquidiocese, as celebrações religiosas não poderão ultrapassar o limite de 30% da capacidade total de fiéis dentro dos templos, e todas as igrejas devem dispor de álcool em gel nas entradas, além de marcações nos bancos e pisos alertando para a necessidade de distanciamento entre as pessoas.

Pessoas com mais de 60 anos de idade, que compõem um dos grupos de risco para Covid-19, bem como crianças, devem continuar acompanhando as atividades da Igreja por meio dos canais de comunicação. As celebrações religiosas continuarão sendo transmitidas pela internet.

Os fiéis deverão, obrigatoriamente, usar máscaras e não poderão promover aglomerações ou “aperto de mãos”. As pessoas também devem respeitar o limite da capacidade permitida dentro das igrejas. Ainda segundo o documento, as paróquias devem determinar a forma como serão organizadas as celebrações.

Apesar de permitir o retorno da maior parte das atividades religiosas, a Arquidiocese recomendou que as reuniões pastorais e as peregrinações, procissões, retiros, romarias e todas as atividades com aglomeração de fiéis, continuem suspensos.

 

Em Campina Grande

 

A Diocese de Campina Grande também emitiu um decreto, no último sábado (14), com orientações sobre o retorno gradual das celebrações religiosas. Conforme o documento, os fiéis que compõem grupos de risco para Covid-19 permanecem dispensado das celebrações presenciais, e devem acompanhá-las por meio da internet.

As igrejas também devem oferecer álcool em gel e impor um distanciamento entre os fiéis, e outras orientações específicas à cada celebração foram publicadas no Decreto assinado pelo Bispo Diocesano de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes, disponível aqui.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.